Fórum PiR2
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

3 participantes

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para baixo

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por nahgsx Qui 15 Jul 2021, 23:25

Relembrando a primeira mensagem :

Ooi, gente! Fiquei um tempo sem escrever então perdoem se minha redação estiver mal escrita kkkkkk
Agradeço qualquer comentário/ajuda  Very Happy

  Chico Bento, personagem principal de uma série de histórias em quadrinhos criadas pelo cartunista brasileiro Maurício de Sousa, tem como característica principal a manifestação do dialeto caipira e, por isso, durante o decorrer das narrativas, sofre com o preconceito linguístico, já que, supostamente, estaria fazendo uso incorreto da língua portuguesa. Da mesma forma, perdura, na realidade brasileira, uma mentalidade retrógrada e inconsciente no que diz respeito à rica diversidade linguística existente no território brasileiro. Desse modo, é necessário analisar o fato de que uma educação falha contribui para esse cenário, que tem como efeito notável a exclusão social. 
  É indubitável que uma educação deficitária favorece a manutenção do preconceito linguístico no Brasil. De fato, segundo o educador Paulo Freire, uma educação "bancária" é caracterizada, sobretudo, pela falta de incentivo ao desenvolvimento de uma consciência social. Nesse sentido, é evidente que o ensino da gramática normativa - aquela que admite apenas uma forma correta para a realização da língua - reafirma a ideia de que as variações linguísticas são erros gramaticais e forma, por conseguinte, cidadãos inconscientes e com ideias equivocadas no que diz respeito à diversidade da língua portuguesa. 
  Ademais, sabe-se que o estigma associado à linguagem produz graves efeitos, como a exclusão social. Com efeito, o sociólogo Émille Durkheim, em sua obra "As regras do método sociológico", discorre, entre outros assuntos, sobre o fato de que não se submeter às regras sociais predominantes produz os mesmos efeitos de uma pena propriamente dita. Nessa ótica, nota-se, no território brasileiro, a existência de uma manifestação linguística considerada como um padrão aceitável: aquela que se faz presente no centro-sul do país. Assim, todos os indivíduos que se expressam de maneira que fogem a esse padrão ficam, constantemente, submetidos a depreciações, o que os leva a ter receio de expor suas ideias em determinados grupos e frequentar alguns lugares, corroborando, em última análise, o ideal defendido por Durkheim.
  Portanto, cabe ao Ministério da Educação - órgão responsável pela elaboração do Plano Nacional de Educação - incluir, na grade curricular dos estudantes de ensino fundamental e médio, o ensino de uma gramática mais diversa, que busque instruir os discentes a respeito das variações linguísticas. Isso deve ser feito por meio da criação de uma matéria destinada exclusivamente a tratar de assuntos relacionados à diversidade do território brasileiro, com o intuito de construir uma cultura de respeito às diferenças linguísticas no Brasil, pois, como constatou Franz Kafka: "a única coisa que devemos respeitar, porque ela nos une, é a língua".

nahgsx
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 165
Data de inscrição : 13/02/2020

Ir para o topo Ir para baixo


ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty Re: ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por _Arthur_ Sab 17 Jul 2021, 00:45

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 E120

Primeira marcação (aqui foram perdidos os pontos da competência 3): você se atrapalhou na construção do trecho. O que se conclui ao lê-lo é que zombarias eram feitas para entreter os doentes mentais, não que os doentes mentais eram alvo de zombaria. Sendo assim, quando você traça o paralelo com a realidade brasileira, fica desconexo, pois o repertório está desconexo.

Marcações referentes aos erros relativos à competência 1:
Segunda marcação: indigno é sem acento
Terceira e quinta marcações: perceba que, no "Além disso", você usa a letra A maiúscula de um jeito, ao passo que, no "Assim", você usa de outro. Tem que manter a constância no uso das letras.
Quarta marcação: esse trecho deve vir entre vírgulas.
Sexta marcação: faltou o "e DE como"
Sétima marcação: Poder Executivo deve vir obrigatoriamente com maiúsculas
Oitava marcação: erro de justaposição. Ali deveria vir um ponto final, não uma vírgula.
Além da presença de períodos curtos (não complexos).
_Arthur_
_Arthur_
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 937
Data de inscrição : 10/05/2014
Idade : 24
Localização : Guacui - ES

nahgsx gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty Re: ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por lkrink Dom 18 Jul 2021, 19:08

Realmente, quase todas as redações nota 1000 desse ano têm períodos longos no inicio dos parágrafos, nunca tinha percebido. Esses detalhes imperceptíveis mudam bastante o aspecto da redação...

lkrink
iniciante

Mensagens : 31
Data de inscrição : 14/01/2021

Ir para o topo Ir para baixo

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty Re: ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por nahgsx Dom 18 Jul 2021, 19:26

A minha introdução ficou uma coisa de louco mesmo, viu kkkkkk 
Dps que eu cheguei em casa eu percebi alguns desses erros, só não tinha percebido o terceiro, o sexto e o sétimo. 

Obrigada de novo, Arthur!
Qualquer dia posta uma redação sua pra gente ver Smile

nahgsx
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 165
Data de inscrição : 13/02/2020

Ir para o topo Ir para baixo

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty Re: ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por _Arthur_ Dom 18 Jul 2021, 20:29

@lkrink escreveu:Realmente, quase todas as redações nota 1000 desse ano têm períodos longos no inicio dos parágrafos, nunca tinha percebido. Esses detalhes imperceptíveis mudam bastante o aspecto da redação...
O curioso é que os professores de redação do Brasil todo, num geral, não sabem disso/não ensinam isso/ensinam errado sobre isso. Por isso poucos alunos tiram 1000.
@nahgsx escreveu:A minha introdução ficou uma coisa de louco mesmo, viu kkkkkk 
Dps que eu cheguei em casa eu percebi alguns desses erros, só não tinha percebido o terceiro, o sexto e o sétimo. 

Obrigada de novo, Arthur!
Qualquer dia posta uma redação sua pra gente ver Smile
Primeiro eu tenho que tirar 1000, hehe!
_Arthur_
_Arthur_
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 937
Data de inscrição : 10/05/2014
Idade : 24
Localização : Guacui - ES

Ir para o topo Ir para baixo

ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil - Página 2 Empty Re: ENEM: O preconceito linguístico em discussão no Brasil

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos