PiR2
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

(UFG GO/2002)

Ir para baixo

(UFG GO/2002)  Empty (UFG GO/2002)

Mensagem por Abiel98 Qua 30 Ago 2017, 15:13

Aplica-se horizontalmente uma força F de intensidade variável num bloco homogêneo de massa m = 0,50 kg inicialmente em repouso sobre uma superfície horizontal, conforme figura 1. Com o bloco em repouso, atuam nele também as forças P (peso), N (normal) e Fe (atrito estático). Ao iniciar-se o movimento, passa a atuar a força de atrito cinético Fc.
(UFG GO/2002)  Fisica18
Analisando o gráfico das forças de atrito Fe e Fc em função de F para intensidades que variam de 0,0 a 7,0N, conforme figura 2 e dados: g = 10m/s2 e μc = 0,60, pode-se afirmar que 
01. o coeficiente de atrito estático μe é igual a 0,80. 
02. para F > 4,0N, a força de atrito é 3,0N e a aceleração é crescente. 
03. para F = 7,0N, a aceleração será 8,0m/s2 . 
04. a linha de ação de N coincide com a linha de ação de P.

Abiel98
Iniciante

Mensagens : 31
Data de inscrição : 09/06/2017
Idade : 24
Localização : João Pessoa, Paraíba, Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

(UFG GO/2002)  Empty Re: (UFG GO/2002)

Mensagem por Convidado Qua 30 Ago 2017, 16:07

Bom, antes de mais nada, a força de atrito não depende de F, mas apenas de N e do coeficiente. A força de atrito máxima é de 4 N e assim o coeficiente de atrito estático será



o movimento só começa depois que F > Fat/e  e será acelerado uniformemente na direção e sentido de F.

para F=7 N a aceleração é 7-4=0,5a -> a=6 m/s²

N e P são ambas verticais.

Convidado
Convidado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos