Olá companheiro de fórum!



- queira, por favor, ler os regulamentos e postar de acôrdo com eles.


- observe que existem diversas seções e coloque sua questão no local correto.


- abra um tópico para cada questão - uma questão por tópico

Seja bem vindo!

(PUCC-SP) Revolução Industrial

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

(PUCC-SP) Revolução Industrial

Mensagem por ArielCouto em Seg Set 05 2016, 15:11

Olá, 
Minha duvida é o porquê de as alternativas I e II estarem incorretas.

O homem utilitarista do século XVIII transforma utensílios de madeira em um torno por diversão, e fantasia que pode transformar os homens da mesma maneira. Mas não tem grandes dotes para a poesia, e mal sabe extrair a moral de uma obra de Shakespeare. Sua casa é aquecida e iluminada a vapor. Ele é um desses que preferem as coisas artificiais em detrimento das naturais, e pensa que a mente humana é onipotente. Ele sente grande desprezo pelas possibilidades da vida ao ar livre, pelos verdes campos e pelas árvores, e sempre reduz tudo aos termos da Utilidade. (W. Hazlitt. O Espírito do Século, apud Eric J. Hobsbawm. A Era das Revoluções − 1789-1848. Trad. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977, p. 255) 

Com incrementos tecnológicos, a Revolução Industrial trouxe consigo o aumento inconsequente da poluição. (João Paulo M. H. Ferreira e Luiz Estevam de O. Fernandes. Nova História Integrada. Campinas: Companhia Escola, 2005. p. 258) No período a que Hobsbawm faz referência, constitui-se em fator responsável pela problemática retratada na pintura:
 I. A reunião de artesãos num mesmo local de trabalho fez surgir o sistema fabril que possibilitava à burguesia controlar de modo mais eficaz a qualidade final do produto, reduzindo o desperdício de matérias-primas.
 II. A transformação das corporações em sistema fabril introduziu as máquinas que, reproduzindo o trabalho do antigo artesão com mais rapidez e aumentando a produção, produzia resíduos nocivos ao meio ambiente.
 III. A utilização do vapor como nova fonte de energia permitiu a construção de máquinas para os mais diversos ramos da indústria e gerou transportes mais rápidos, integrando de forma eficiente o campo e a cidade.
IV. Com a utilização da nova forma de energia, duas outras matérias-primas passaram a ser fundamentais: o ferro, para a construção das máquinas e o carvão, que gerava o vapor que movia os equipamentos industriais, fortalecendo a indústria metalúrgica. É correto o que se afirma SOMENTE em (A) I e II. (B) I e III. (C) II e III. (D) II e IV. (E) III e IV. 

Gabarito: (E)

ArielCouto
iniciante

Mensagens : 1
Data de inscrição : 22/07/2014
Idade : 20
Localização : Paulínia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (PUCC-SP) Revolução Industrial

Mensagem por Pedro Celso Silva em Qua Out 26 2016, 20:10

a 1 Está errada porque a reunião de artesãos num mesmo local eram as corporações de ofício,que eram feitas com a intenção de agilizar a produção e concentrá-la num lugar só...querendo reduzir custos...o desperdício e a qualidade não recebiam tanta ênfase,uma vez que nesse primeiro momento, o que importava era a produção em si...Uma vez que só o fato de produzir já era um avanço (Não tinha tantas empresas,ou seja,a concorrência era bem menor)
A 2 está errada porque o primeiro tipo de indústria foi a de tecelagem,ou seja,a de teares de tecido...Esses materiais eram não emitiam poluentes...
De fato,as posteriores máquinas produziam e muito poluentes,mas produziam mais e com mais eficiencia que os humanos

Pedro Celso Silva
iniciante

Mensagens : 31
Data de inscrição : 20/08/2015
Idade : 17
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum