Maio francês de 1968

Ir em baixo

Resolvido Maio francês de 1968

Mensagem por GranTorino em Ter 02 Out 2018, 21:19

“É proibido proibir”
“A imaginação no poder”

As duas frases foram pintadas em muros de Paris durante as revoltas estudantis de maio de 1968. Elas ilustram algumas ideias dos rebeldes, como

A) a celebração da sociedade ocidental, do consumismo e do capitalismo monopolista.
B) o fim de todo tipo de governo e a valorização dos meios de comunicação de massa.
C) a defesa da liberdade total, do socialismo real e do conceito de alimentação natural.
D) o desejo de extinguir as provas de acesso ao ensino superior e as aulas de língua estrangeira.
E) a crítica à sociedade de consumo, às hierarquias e à burocratização da sociedade.

RESPOSTA: E

Olá! Gostaria de saber se apenas ¨o fim de todo tipo de governo¨ poderia ser uma resposta correta à questão. Grato!


Última edição por GranTorino em Ter 02 Out 2018, 23:22, editado 2 vez(es)
avatar
GranTorino
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 563
Data de inscrição : 05/02/2018
Idade : 73
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: Maio francês de 1968

Mensagem por Unßer em Ter 02 Out 2018, 23:10

Caso queira entender um pouco mais do movimento:

Cara, essa sua afirmação de "apenas" é um pouco equivocada, pois em Maio de 68 havia tanto anarquista, quanto comunistas e socialistas, como também havia um grupo minoria de direita, chamado de Occident. O viés anarco, prega a inexistência do estado como forma de controle social, porém para ser implantado deve-se ter a existência do Estado como elemento protocolador. Os comunistas são uma espécie e anarquistas menos radicais, pois para haver essa transição entre ausência de classes(inexiste a figura estatal) e luta de classes, há uma Ditadura do Proletariado, o que muitos países, como a China, não conseguiram vencer.
No exemplo de 1968, todos os grupos, isto é direita ou esquerda, estavam de "saco cheio" da figura de Charles de Gaulle, eleito desta vez por voto popular em 1965, alguns usavam o mecanismo que fosse preciso para questionar a autoridade de presidente. A grande maioria, por exemplo, usavam esse lema: "É proibido, proibir" o que repercutiu no cenário musical brasileiro de 68 - no álbum "Tropicalia ou Panis et Circencis" - uma critica velada ao Regime Militar de 1964-1985. De Gaulle, consegui suportar as críticas até 1969, com apoio da Assembleia Francesa, porém veio a óbito em 1970. No Brasil, por outro lado, foi implantado o AI-5(Dezembro de 1968) que de fato mostrou a faceta mais totalitária do nosso regime, isso pode ser explicado pelo medo do que ocorrera na França viesse a derrubar a "Revolução de 64".
avatar
Unßer
Padawan
Padawan

Mensagens : 59
Data de inscrição : 09/02/2017
Idade : 20
Localização : Juazeiro,Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum