PiR2
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Tutorial para o SISU

2 participantes

Ir para baixo

Tutorial para o SISU Empty Tutorial para o SISU

Mensagem por wmsj Sex 20 Jan 2017, 21:26

Olá, pessoal. Antes de tudo apenas uma breve história. Sou ex-vestibulando de medicina, durante muito tempo usei o pir2 como ferramenta de estudo até atingir meus objetivos e hoje me sinto meio em dívida com o fórum, não sei uma boa forma de retribuir pois sempre fui um estudante generalista, sei um pouco de tudo mas não sou expert em nada. Espero que isso ajude quem passa por aqui de alguma forma, foram 4 anos fazendo ENEM e entendendo o SISU, então acho que tenho um pouco de experiência para passar a vocês. Eu acredito que entender o SISU é tão importante quando entender o ENEM, afinal, se você errar aqui todo o esforço anterior estudando para a prova foi em vão. Mas vamos logo ao que interessa Smile .

Primeiramente, vou explicar o básico bem rápido. O SISU serve para selecionar os estudantes com as maiores notas para preencher as vagas das universidades públicas de todo o país e ele faz isso usando a nota do ENEM (Ah, sério mesmo?). Porém, cada universidade tem o direito de adotar seus próprios critérios para uso dessas notas, dando valores diferentes para cada área, fazendo com que disciplinas diferentes valham mais ou menos na média final. Esse é um dos motivos pelos quais se vê tanta divergência entre notas pelo país (além de distribuição demográfica e desigualdades no sistema educacional). A nota de corte é a nota que o último estudante classificado naquela categoria tem, teoricamente isso significa que ele será o último aprovado caso não apareça mais alguém com uma nota maior que a dele. Existem várias categorias dentro de um mesmo curso de uma mesma universidade (ampla concorrência, cotas para escola pública, cotas raciais...), mas independente da categoria selecionada o estudante sempre estará concorrendo também na ampla concorrência, ou seja, se alguém com cotas de escola pública (que teoricamente tem uma nota de corte menor) tiver nota maior que alguém da ampla concorrência, ele será aprovado na ampla concorrência e não na cota. Além disso, há duas opções de escolha, se você for aprovado na primeira opção, a segunda é anulada (é como se não existisse), caso contrário (ficou fora do limite de vagas na primeira opção) é verificado se na segunda opção houve aprovação, ainda que você tenha sido aprovado na segunda opção (ou não) a primeira continua valendo para chamadas posteriores caso hajam.

Outro dado importante, desde 2014 o SISU passou a fazer apenas uma chamada para a segunda opção, ou seja, se você ficar fora dos aprovados, já era a segunda opção. Em outras palavras, a segunda opção serve para uma vaga que você não tenha tanto interesse ou tenha certeza da aprovação. Bom, agora que já sabemos o básico, vamos entender como se usar a sua nota da melhor forma. A primeira coisa que você observa é a nota de corte, inclusive tem sites que mostram o corte dos anos anteriores, é bem útil para ter uma noção. Eu sugiro o [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]. Se a sua nota estiver próxima do valor dos anos anteriores ou acima no curso pretendido, é um bom sinal, mas mesmo que não esteja ainda há possibilidade.

A nota de corte tende a subir até o penúltimo dia do SISU e se estabilizar (não é uma regra), então eu aconselho a decidir o que fazer definitivamente com sua nota apenas depois de ver o corte do penúltimo dia, que é divulgado na madrugada do último dia. Se nesse dia sua nota estiver acima do corte, significa que você tem boas chances de passar, senão, vamos ao próximo passo. Mas antes, quero frisar uma coisa. Entenda, não é pra escolher a opção só no último dia, pelo contrário, fique sempre escolhendo opções mesmo nos dias anteriores para acompanhar sua posição, de preferência, na faculdade que você deseja estudar. O último dia é só um referencial final.

Apesar de tudo isso que eu disse, a nota de corte não é o indicativo mais importante para observar. O que é essencial para definir sua aprovação é a sua colocação na categoria escolhida, essa colocação é definida e mostrada quando a nota de corte é atualizada (de madrugada). Só pra vocês terem uma ideia, minha nota ficou cerca de 8 pontos abaixo da nota de corte quando eu fui aprovado, então essa coisa de nota de corte nem sempre vai definir o que acontece. Na maioria dos cursos pelo Brasil, muitas pessoas são convocadas em chamadas posteriores (excetuando-se os cursos super concorridos, tipo engenharia aeronáutica, medicina UNB/UFPR e afins). Os convocados depois da primeira chamada são da lista de espera, que é composta por todos que colocaram o curso como primeira opção e manifestaram interesse na vaga. O número de convocados depende do curso pretendido e da faculdade, eu sugiro que você olhe no site da instituição o número do convocados nos dois anos anteriores e faça uma média, caso isso não seja disponibilizado procure pelo mesmo curso em outra instituição próxima.

Há sempre um índice de evasão na primeira chamada, pois muita gente que ocupou uma vaga escolheu-a como segunda opção e ainda espera a aprovação na primeira, ou seja, essas pessoas não vão fazer matrícula, ou vão fazer matrícula e depois que forem aprovados na outra opção vão cancelar (sim, isso acontece muito), abrindo novas vagas. Além disso, nessa colocação final estão todos aqueles que definiram o curso como segunda opção e não foram aprovados, como a segunda opção tem chamada única, se esses concorrentes não foram aprovados, eles não estão mais concorrendo a vagas com você que definiu o mesmo curso como primeira opção.

Com a posição em mãos e sabendo o número médio de convocados nas edições anteriores, nós podemos ter uma noção se você será aprovado ou não. É uma conta simples, sua posição final menos os convocados na primeira chamada (eles já foram chamados, então não concorrem na lista de espera). Desse número ainda devem ser descontados aqueles que definiram como segunda opção como eu citei acima, e ficaram na sua frente nas colocações. O número depende do quão concorrido é o curso. Se for pouco, 50% são da segunda opção, se a concorrência for moderada, 30-40% são da segunda opção, e se o curso for muito concorrido, 10-20% são da segunda opção. É só descontar ainda daquele valor essas porcentagens. Aí nós temos a sua posição na lista de espera, e comparando com o número de convocados nos anos anteriores, temos uma boa noção das suas possibilidades. Caso sua posição fique muito distante, reflita sobre tentar em outra faculdade. Ficar forçando nos lugares em que sua nota não é suficiente nem sempre é uma boa.

Enfim, espero ter ajudado. Se vocês tiverem qualquer dúvida ou sugestão, basta deixar um comentário, me prontifico a ajudar no que precisarem. Boa sorte a todos.
wmsj
wmsj
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 118
Data de inscrição : 01/12/2013
Idade : 26
Localização : Campo Grande

Sirius 1908 gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Tutorial para o SISU Empty Re: Tutorial para o SISU

Mensagem por caiomslk Sex 20 Jan 2017, 23:05

Amigo,valeu pelo tópico.Ajudou-me bastante nessa corrida do sisu,te desejo todo sucesso !!
caiomslk
caiomslk
Jedi
Jedi

Mensagens : 453
Data de inscrição : 25/10/2016
Idade : 23
Localização : Feira de Santana, Bahia, Brasil

Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo

- Tópicos semelhantes

 
Permissões neste sub-fórum
Não podes responder a tópicos