Brasil Colonial

Ir em baixo

Brasil Colonial

Mensagem por Nova Era em Sab Mar 17 2018, 20:59

O que eram as tropas de resgate?
avatar
Nova Era
Jedi
Jedi

Mensagens : 470
Data de inscrição : 05/11/2017
Idade : 16
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Brasil Colonial

Mensagem por Hume_Mascarenhas em Sab Mar 17 2018, 22:11

Apesar de sua influência e autoridade, muitos padres foram explicitamente afrontados pela ganância de colonos que saiam pelo território em busca de índios. Na maioria das vezes, a escravidão indígena servia como alternativa à falta e o alto custo de uma peça trazida da África. Preferencialmente, os colonos atacavam as populações indígenas ligadas às missões jesuíticas, pois estes já se mostravam habituados à rotina e aos valores da cultura ocidental.

Mediante a forte pressão dos religiosos, Portugal proibiu a captura de índios por meio de uma Carta Régia emitida no ano de 1570. Segundo esse documento, os índios só poderiam ser presos e escravizados em situação de guerra justa. Nas Terras de Vera Cruz , o conceito de guerra justa será empregado para justificar a captura, aprisionamento e escravização dos indígenas, sobretudo durante a ocupação da Amazônia desde o séc. XVI ao XVII.

No quadro das justificativas, essencialmente se considerava justa uma guerra que fosse declarada aos inimigos da coroa, e quem eram estes inimigos se não as tribos que resistiam ao trabalho compulsório, à aculturação e à ocupação de suas terras. Neste momento o que interessa é tornar positiva a ideia de catequizar almas perdidas, de docilizá-las ao colonizador, mas no fundo os argumentos apelam para o enquadramento de canibais, de índios resgatados em guerras inter-tribais.

Aqui, ao contrário dos “descimentos”, a iniciativa era das “tropas de resgates” que legitimadas pelos religiosos missionários promoviam “as guerras justas”. As “tropas de resgates” capturavam os índios, homens, mulheres, crianças e idosos e os levavam para os mercados de escravos onde eram adquiridos pelos colonos, pelos religiosos e pelos funcionários do governo português, na sede da província, Belém.

Outra modalidade de atuação das tropas de resgate era trocar os índios capturados nas guerras intertribais e que seriam sacrificados por quaisquer objetos de interesse de seus detentores. Esses índios eram encaminhados para serem vendidos nos mercados de escravos em Belém. Esses fatos mostram muito bem a cumplicidade existente entre o Estado português e a Igreja Católica, entre soldados e missionários.

Lembre-se de não confundir índios de repartição com escravizados. Os primeiros relacionam-se aos descimentos (Os descimentos eram feitos através do convencimento/inúmeras promessas dos nativos para saírem de suas terras por livre e espontânea vontade.) enquanto que os últimos inserem-se no contexto dessas guerras ''justas''.

A escravidão indígena ''acabou'' oficialmente com a intervenção de pombal...
Espero ter ajudado!
-----------------------------------------------------------------------------------------------
Adendo:
O conceito de Guerra Justa é bem anterior a esse episódio. O desenvolvimento dessa doutrina foi inspirado em Cícero, (política romana) e foi usada frequentemente na história, exemplo famoso - as Cruzadas. É basicamente um conjunto de regras que determina em quais condições a guerra é moralmente aceitável.
avatar
Hume_Mascarenhas
iniciante

Mensagens : 31
Data de inscrição : 17/01/2018
Idade : 21
Localização : Guarulhos, SP, Brasil.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum