Hist Brasil- cultura da cana e do café

Ir em baixo

Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por Liliana Rodrigues em Sex 17 Ago 2018, 17:19

As culturas da cana-de-açúcar e do café ilustram muito bem alguns aspectos da economia brasileira desde a colônia até o período republicano. Acerca das mesmas e de suas correlações internas e externas é correto afirmar, exceto:

a) Há uma clara correlação entre esses dois produtos e o processo de inserção brasileira na economia mundial. De forma geral o Brasil (colônia e depois independente) tornou-se exportador de bens primários. Manufatura e indústria foram atividades secundárias em boa parte da História econômica brasileira.

b) Os acordos de Taubaté em 1920 definiram claramente espaços e zonas de produção açucareira e cafeeira no Brasil. Dessa forma, evitava-se a superprodução e a baixa do preço no mercado internacional.

c) O autoritarismo e a escravidão foram visíveis aspectos da conformação política e social do Brasil nessas duas atividades agrícolas. As grandes lavouras exportadoras usavam de trabalho escravo e qualquer rebelião ou contestação era reprimida com muita violência.

d) Em clara correlação com o perfil produtivo açucareiro e cafeeiro, o latifúndio marcou a conformação da propriedade no Brasil.

Por que a c) não está errada?
Não era usada a mão-de-obra imigrante assalariada nas lavouras do Oeste Paulista?
Na minha opinião, b) e c) estão erradas...

Liliana Rodrigues
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 2082
Data de inscrição : 16/03/2016
Idade : 21
Localização : Ribeirão Preto - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por debfdaumas em Sex 17 Ago 2018, 18:21

Até onde estudei só existia uso de escravidão na produção da cana-de-açucar na África, mas o avaliador da questão pode ter levado em conta que muitos negros apesar de terem sido libertados pela Lei Aurea continuaram nos trabalhos na senzala por não terem outros meios de subsistência. Daí usar as expressões "autoritarismo" que se manteve até o fim da política do café com leite devido a hegemonia dos coronéis e "escravidão" até a promulgação da Lei Aurea. Isso viabializa a veracidade da letra C. 

Nos sobra a letra B, a resposta mais plausível.
avatar
debfdaumas
Padawan
Padawan

Mensagens : 84
Data de inscrição : 19/07/2018
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro, Brazil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por Liliana Rodrigues em Sex 17 Ago 2018, 19:22

@debfdaumas escreveu:Até onde estudei só existia uso de escravidão na produção da cana-de-açucar na África,


Como??? Shocked Shocked Shocked

Acho que tinha aqui também, principalmente nos grandes engenhos de açucar

Liliana Rodrigues
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 2082
Data de inscrição : 16/03/2016
Idade : 21
Localização : Ribeirão Preto - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por debfdaumas em Sex 17 Ago 2018, 21:55

"Os portugueses traziam os escravos de suas colônias na  África para utilizar como mão-de-obra escrava nos engenhos de açúcar da região nordeste do Brasil. "


Fonte: https://www.sohistoria.com.br/ef2/culturaafro/p1.php

Alguns livros trazem que só houve uso de mão de obra escrava para produção de açucar na África depois da exploração do café no Brasil, até então os portugueses apenas "comercializavam" os escravos. Daí a minha confusão. Me lembro bem do professor de histórida do Kuadro resolvendo uma questão sobre isso esse ano ainda.
avatar
debfdaumas
Padawan
Padawan

Mensagens : 84
Data de inscrição : 19/07/2018
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro, Brazil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por Unßer em Sex 17 Ago 2018, 23:18

@debfdaumas escreveu:"Os portugueses traziam os escravos de suas colônias na  África para utilizar como mão-de-obra escrava nos engenhos de açúcar da região nordeste do Brasil. "


Fonte: https://www.sohistoria.com.br/ef2/culturaafro/p1.php

Alguns livros trazem que só houve uso de mão de obra escrava para produção de açúcar na África depois da exploração do café no Brasil, até então os portugueses apenas "comercializavam" os escravos. Daí a minha confusão. Me lembro bem do professor de história do Kuadro resolvendo uma questão sobre isso esse ano ainda.
O uso do adverbio em sua interjeição é um pouco inapropriada, na historia cada caso deve ser analisado sob um olhar crítico, creio ,também, que você deva analisar melhor esses livros. O sucesso do plantation na África propiciou seu uso nas colônias, colônias, pois antes da América, os portugueses conseguiram implantar monoculturas de tabaco,algodão e açúcar em domínios como Angola.

A dúvida do item C, "Não era usada a mão-de-obra imigrante assalariada nas lavouras do Oeste Paulista?", de fato, foi utilizada, porém na segunda fase do ciclo do café, quem de fato conseguiu dar um "boom" ao café foram os escravos, daí nosso imperador a época- Dom Pedro II - viu nesse produto um potencial de alavancar a economia brasileira prejudicada pela concorrência com o açúcar das Antilhas e o algodão no sul dos Estados Unidos. No Entanto, devido às pressões inglesas, a mão de obra foi lentamente substituída pela do imigrante, principalmente italianos, os quais foram explorados e tiveram sua dignidade afetado por um regime de produção totalmente contraditório com os vigentes nos seus países de origem.
Talvez o item C cause dúvida devido essa junção de perspectiva politica e social que estiveram unidas; basicamente, você deve pensar assim, o sistema monárquico era sustentado pela mão de obra escrava, que quando foi abolida em 1888, não demorou 1 ano para que o nosso poder moderador também sucumbisse.


Mas o teórico está na alternativa B, pois O Convênio de Taubaté pregavam a ideia de que o Estado era o responsável pela compra do excedente de café produzido,ou seja definido apenas a produção do produto e não sua área de distribuição geográfica. Você deve lembrar que quando um produto está em maior quantidade no mercado, seu preço tende a descer - Lei da Oferta e procura, umas das prerrogativas de Adam Smith.
Esse programa de auxilio governamental foi definido no governo de Rodrigo Alves, em pleno auge da politica de café com leite, aliás isso evitou a derrocada do produto em 1929, quando seus principais compradores se envolveram com a crise de 1929.
avatar
Unßer
Padawan
Padawan

Mensagens : 59
Data de inscrição : 09/02/2017
Idade : 20
Localização : Juazeiro,Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hist Brasil- cultura da cana e do café

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum