TEMA: ITA 2007

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA: ITA 2007

Mensagem por jango feet em Qui Maio 08 2014, 21:13

Por favor, peço a atenção de quem lê o tópico, preciso muito da ajuda de vocês, critiquem até aonde se permitirem, se puderem deem nota e não tenham vergonha de dizerem o que pensam, desde já muito grato.

Considere o trabalho de Barbara Kruger representado abaixo. Identifique seu tema e, sobre ele, redija uma dissertação em prosa, argumentando em favor de um ponto de vista sobre o tema.

Na avaliação de sua redação serão considerados:

a)Clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto;
b)Coesão e coerência do texto
c)Domínio do português padrão

Atenção: A banca aceitará qualquer posicionamento ideológico do candidato.




 Modernidade e consumo

A cultura da geração atual, a moderna, é baseada no tripé iluminista do século XVIII: crença no indivíduo, mercado e no progresso científico, esta base possibilitou a sociedade moderna vivenciar um exorbitante crescimento da oferta de produtos e serviços oferecidos pelas indústrias. Muitas patologias características surgiram perante tamanha exposição ao capitalismo industrial.

 Promovida pelo progresso científico a Revolução Industrial possibilitou uma maneira mais rápida de produzir, porém para a demanda acompanhar a crescente oferta foi necessário criar mercado consumidor, no século XX o profissional de marketing ganha valorização e respeito distintos, mesmo período em que ocorreram diversas rupturas de dogmas até então inabaláveis. Como por exemplo, a crise da cultura produtora nos EUA na qual o homem por influência da nova ordem estabelecida perde seu valor na sociedade pois não possui crédito, ou seja já não basta só produzir, é essencial ter valor agregado, capital.

 Estas e outras mudanças provocaram o consumismo, ato de comprar desnecessariamente, graças ao apelo emocional e a necessidade de movimentar a economia enfatizada na produção em larga escala. Comprar hoje deixou de ser uma simples relação comercial e passou a ser um ato de prazer, de reconforto diante do stress típico de grandes metrópoles inchadas de pessoas buscando incessantemente pela felicidade, que na maior parte da população sofre influências do capital.

 A sociedade moderna é a mais desenvolvida dentre todas aquelas que o homem integrou e possui inúmeros desafios a frente, entretanto já vem apresentando novas progressões para um futuro recuperado dos exageros do capitalismo industrial, um exemplo disso que apesar de não muito expressivo é o vegetarianismo que é fruto de idéias baseadas no consumo consciente e respeitoso, porém ainda muito restrito a natureza, um começo sugestivo para a criação de uma sociedade sem excessos.
avatar
jango feet
Matador
Matador

Mensagens : 468
Data de inscrição : 30/01/2013
Idade : 23
Localização : Feira de santana;Bahia, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sex Maio 09 2014, 23:49


A cultura da geração atual, a moderna, é baseada no tripé iluminista do século XVIII: crença no indivíduo, mercado e no progresso científico, esta base possibilitou a sociedade moderna vivenciar um exorbitante crescimento da oferta de produtos e serviços oferecidos pelas indústrias. Muitas patologias características surgiram perante tamanha exposição ao capitalismo industrial.

Após “científico” falta um ponto ou, pelo menos, um ponto e vírgula.
E o capitalismo industrial gerou muitas patologias? Se é tão importante para a construção do seu texto esse fato, cite ao menos uma delas e como o capitalismo a desenvolveu.


Promovida pelo progresso científico a Revolução Industrial possibilitou uma maneira mais rápida de produzir, porém para a demanda acompanhar a crescente oferta foi necessário criar mercado consumidor, no século XX o profissional de marketing ganha valorização e respeito distintos, mesmo período em que ocorreram diversas rupturas de dogmas até então inabaláveis. Como por exemplo, a crise da cultura produtora nos EUA na qual o homem por influência da nova ordem estabelecida perde seu valor na sociedade pois não possui crédito, ou seja já não basta só produzir, é essencial ter valor agregado, capital.

Erro de hermenêutica: já existia mercado consumidor, era necessário ampliá-lo.
E qual a relação direta entre a valorização do marketing, a ampliação do mercado consumidor e a ruptura dos dogmas? O sr. deixou a interpretação implícita; deixe-a sempre explícita. O corretor terá 50 redações para corrigir e certamente ele não terá tempo, paciência ou vontade de buscar observações escondidas e implícitas no texto. Deixe-as bem claras e objetivas para não gerar dúvidas.
Além disso, a parte da ‘ruptura dos dogmas até então inabaláveis’ ficou especialmente confusa. A pontuação também deixou a desejar. “Como, por exemplo, a crise da cultura produtora nos E.U.A., na qual o homem, por influencia da nova ordem estabelecida, perde seu valor na sociedade pois não possui crédito”. Um exemplo de um dogma rompido é a cultura produtora americana? Se a nova ordem estabelecida impõe que o importante é o poder de consumo, que cultura de produção é essa que foi abandonada? O sr. se refere a um sistema de produção específico? Pois a ampliação do consumo (cultura de consumo), em si, já é proporcional ao aumento da produção (cultura produtora). Novamente o significado do trecho fica implícito.

Estas e outras mudanças provocaram o consumismo, ato de comprar desnecessariamente, graças ao apelo emocional e a necessidade de movimentar a economia enfatizada na produção em larga escala. Comprar hoje deixou de ser uma simples relação comercial e passou a ser um ato de prazer, de reconforto diante do stress típico de grandes metrópoles inchadas de pessoas buscando incessantemente pela felicidade, que na maior parte da população sofre influências do capital.

Avalie a consistência do argumento. Embora hoje a situação seja evidentemente crítica e exagerada em relação ao consumo, ao longo da história o consumo por prazer é uma constante tão presente ou mais do que o consumo por uma mera relação comercial. Posso citar os patrícios em Roma, que compravam prostitutas e escravos para se divertirem das formas mais inimagináveis, e quase dois milênios os separam do consumismo. Enfatize mais o consumismo em si do que o consumo.
A maior parte da população sofre influências do capital? Do dinheiro, o sr. quer dizer? Então o dinheiro, o capital, é a influência para o consumismo? Mas não era também  a valorização do marketing? Confuso.

A sociedade moderna é a mais desenvolvida dentre todas aquelas que o homem integrou e possui inúmeros desafios a frente, entretanto já vem apresentando novas progressões para um futuro recuperado dos exageros do capitalismo industrial, um exemplo disso que apesar de não muito expressivo é o vegetarianismo que é fruto de idéias baseadas no consumo consciente e respeitoso...

Falta crase depois de “desafios” e antes de “frente”.

Embora haja alguns erros de coerência, coesão e gramática, está um bom texto, no geral. Smile
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por PedroCunha em Sab Maio 10 2014, 00:11

Matheus:

erro de hermenêutica: seria um tipo de falha na interpretação?

____________________________________________
Mas e a vida? Diga lá o que é meu irmão.
avatar
PedroCunha
Monitor
Monitor

Mensagens : 4638
Data de inscrição : 13/05/2013
Idade : 20
Localização : Viçosa, MG, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 00:53

Pedro,

de forma geral, é isso mesmo. Mas a hermenêutica estuda e engloba todas as formas da interpretação, desde os termos utilizados, os meios de comunicação empregados, até as falhas de expressões.
No exemplo da redação, a falha se deve ao fato de que ele quis dizer que o mercado estava sendo ampliado, mas utilizou a palavra "criar", pois todos sabemos que o consumo já existia antes da Revolução Industrial. Logo, o erro se encontra no meio da transmissão da mensagem.
Espero ter ajudado. Smile
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por PedroCunha em Sab Maio 10 2014, 00:55

Aprendo todos os dias aqui, haha.

Valeu, grande Matheus!

____________________________________________
Mas e a vida? Diga lá o que é meu irmão.
avatar
PedroCunha
Monitor
Monitor

Mensagens : 4638
Data de inscrição : 13/05/2013
Idade : 20
Localização : Viçosa, MG, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 01:02

Todos aprendemos aqui todos os dias, Pedro!
O sr. vai adorar ou odiar a hermenêutica quando estiver estudando Economia, principalmente Direito Econômico. Posso te afirmar com certeza de que é um verdadeiro "Coliseu", todos tentando interpretar de modo diferente a menor vírgula de cada autor, e a confusão se torna ainda maior quando há um erro do tradutor ou erro da gráfica, hahaha.

Você gosta de Teoria dos Jogos, Pedro? Já chegou a se aprofundar nesse tema? :)Pergunto isso pois o sr. já domina muita matemática a um nível bem avançado, haha. Estou começando a estudar isso pouco a pouco (prazer pessoal mesmo, pois não cai em vestibular nenhum).

Não foi nada; precisando, é só chamar, grande Pedro. Wink
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 01:13

Ah, esqueci de dar a nota, perdão.
Arbitrariamente, atribuirei:
a)Clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto - 4 pontos;
b)Coesão e coerência do texto - 3 pontos;
c)Domínio do português padrão - 3 pontos;

a) 2 pontos
b) 2 pontos
c) 1,5 ponto

Nota: 5,5.
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por PedroCunha em Sab Maio 10 2014, 01:19

Imagino como deve ser, haha.

Quem dera eu dominasse matemática à esse ponto. Ainda não conhecia essa Teoria. Vou dar uma olhada no meu tempo livre.

Abraços

____________________________________________
Mas e a vida? Diga lá o que é meu irmão.
avatar
PedroCunha
Monitor
Monitor

Mensagens : 4638
Data de inscrição : 13/05/2013
Idade : 20
Localização : Viçosa, MG, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por 88sude em Sab Maio 10 2014, 11:04

Vi o tópico aqui e dei uma passadinha para dar um comentário também.
Numa redação não é necessário recorrer a um linguajar extremamente avançado ou tentar usar milhares e milhares de fatos, lembre-se que a banca examinadora tem propostas pré determinadas, se você atender essas propostas sua nota tende a subir, não importando se sua redação é uma das mais simples. Muitas vezes na necessidade de "escrever bonito" acabamos por cometer erros bobos, como por exemplo de hermenêutica , como disse nosso amigo Matheus. 
Já vi milhares de redações, das mais sofisticadas até as mais simples, e o que realmente importa é a mensagem transmitida. Não sei se é apenas uma observação minha ou alguma coincidência , mas as redações mais simples são as mais claras e as mais conclusivas. Falo isso porque ao realizar a prova no ITA quase gabaritei a redação com um texto extremamente simples, enquanto amigo meus que recorreram para a filosofia acabaram por colocar uma ideia do pensador X e dizer que foi o pensador Y que propôs esta, outros que recorreram para a história cometeram muitos erros de coerência e assim vai. 
avatar
88sude
Jedi
Jedi

Mensagens : 301
Data de inscrição : 04/02/2013
Idade : 22
Localização : Santo Andre, SP, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 11:49

Complementando o que o amigo 88sude disse:
só escreva um texto mais filosófico ou histórico se você tiver a segurança para fazê-lo com propriedade (sem errar fatos ou argumentos, sem se perder na coerência e coesão), sem se desviar do assunto e sem cometer erros banais. Sempre fui apreciador da filosofia e da antropologia, de modo que sempre as utilizei nas minhas redações, bem como a história, a sociologia e geografia, e sempre obtive notas excelentes. Mas só o faça depois de conseguir ter domínio sobre a situação. Se o seu foco for ITA, vale a comparação: primeiro você deve dominar a geometria antes de resolver um problema geométrico utilizando números complexos; você precisa dominar as estruturas da redação antes de tentar usar artifícios poderosos que o ajudem.

No exemplo citado pelo amigo, os problemas detectados não são a utilização de artifícios auxiliares, mas problemas que decorreram do não domínio da estrutura da redação:
-não importa, para o vestibular, se o Complexo de Eléctra de Jung (pensador X) é uma reedição do Complexo de Édipo de Freud (pensador Y); a patente do argumento não convém, e sim o modo como se utiliza o argumento para a construção da redação.
-história é algo um tanto tortuoso para ser abordado em um espaço bem limitado de linhas (em geral, um máximo de 30 linhas); portanto, se for abordar este tema na sua redação, apenas toque em temas diretos e não controversos. O sr. acha que a Extrema Direita e a Extrema Esquerda são semelhantes? Acha que o socialismo é o fundamento para o fascismo? Ou, talvez, o sr. acha que Cartago nunca ofereceu real perigo para Roma e a fama do conflito foi um meio de glorificar o poder romano? Não importa na redação. O sr. não tem linhas suficientes para abordar esse tema de forma clara e elucidativa e ainda assim abordar o tema principal (pois duvido muito que ocorra desses assuntos se tornarem tema principal de alguma redação). Portanto, tangencie a história nas partes mais inquestionáveis dela e evite em absoluto os temas mais controversos ou questionáveis.

Lembre-se, também, caso seu foco seja o ITA, que a redação é muito mais simples do que na FUVEST, por exemplo. Se for utilizar um artifício retórico ou fundamentação exterior para a argumentação, como história ou filosofia, (o que, aliás, muitas vezes é recomendável, dado que cria uma base mais sólida para seu argumento), só o faça se tiver segurança o suficiente para fazê-lo. Smile
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por 88sude em Sab Maio 10 2014, 12:19

" a patente do argumento não convém, e sim o modo como se utiliza o argumento para a construção da redação." Isso é relativo amigo, se você utilizar um argumento sofista como patente de Sócrates é como trocar X por Y onde X≠Y .
avatar
88sude
Jedi
Jedi

Mensagens : 301
Data de inscrição : 04/02/2013
Idade : 22
Localização : Santo Andre, SP, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 12:50

São situações totalmente diferentes, caro 88sude.


No exemplo que citei, há duas teses (dois complexos psicológicos) que se assemelham em alguns pontos e que muitos psicanalistas, psicólogos e psiquiatras debatem sobre a patente da ideia principal; ou seja, se Jung simplesmente reeditou a ideia de Freud ou se realmente foi original. A menos que esse seja o tema do vestibular (o que acho improvável), não há espaço para esse debate na redação, pois profissionais da área estão há quase um século o debatendo sem chegar à nenhuma conclusão. Logo, o importante é a escolha do argumento a ser utilizado, e não o debate de quem criou o argumento ou não. Repare que são, no caso, argumentos parecidos e que são passíveis de serem considerados iguais, caso quem cite considere que o Complexo de Eléctra é a uma reedição do Complexo de Édipo.


O caso de Sócrates e dos sofistas é totalmente diferente. Sócrates se opunha diretamente em praticamente tudo aos sofistas e seus argumentos eram diametralmente opostos. Jung pode ter ou não, dependendo do ponto de vista, reeditado a tese de Freud, pois, como sabe, eram muito interligados, ainda que discordassem em outros vários pontos (ou seja, concordavam em muitos pontos e discordavam em muitos pontos, embora ao final da situação o segundo caso tenha se tornado predominante). Então é possível afirmar que o argumento do Complexo de Eléctra é, na verdade, o argumento freudiano do Complexo de Édipo, dependendo do ponto de vista de quem cita. Mas um argumento sofista não pode ser citado alegando pertencer a Sócrates, pois são opostos, não possuem interseções claras como os de Freud e Jung, que trabalharam juntos por muitos anos e possuíam ideias parecidas em alguns pontos.
Logo, é indiscutível que os argumentos socráticos (X, como queira) e os argumentos sofistas (Y, como queira), são diferentes (X≠Y, como queira)
Entretanto, é possível discutir se o argumento freudiano (digamos F) é semelhante ou igual ao argumento junguiano (digamos J), ou seja, é possível discutir se F = J, ou se J = F + K [com k sendo uma variação da tese freudiana original], ou se F e J são congruentes (já que você quer analisar matematicamente as teorias). E F  = J ou J = F + K são coisas que não convém ao vestibular, pois não há espaço suficiente para debater isso. Mas não há espaço, mesmo num debate filosófico, para debater se X = Y, pois X é totalmente oposto a Y.


Obs.; obviamente F e J se relacionam apenas aos referidos complexos passíveis de discussão.
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por 88sude em Sab Maio 10 2014, 13:26

Como você disse as 2 teses se assemelham, é compreensível usar 1 ou outro, isso é inevitável. Só fiz a comparação entre sócrates e sofistas para ficar mais evidente que é sempre bom ter certeza do que se faz, e não tentar extrapolar ! É evidente que você entende muito de filosofia Matheus ! Acho admirável, gostaria de dominar essa tanto assim hahaha. Mas para aqueles que se limitam a pensadores clássicos (meu caso, por exemplo) a atenção deve ser redobrada ! Vejo pelo mar de filosofia que as pessoas tentam encaixar na redação, acabando se contradizendo em várias partes ! Já vi redações como :
"A verdade é indiscutível, a lei deve ser seguida a qualquer custo e quando violada a punição deve ocorrer. Pouco importa se o crime foi passivo ou ativo , a participação direta ou indireta de tal ato já impõe a uma penalidade pré estabelecida, onde a verdade do criminoso é diferente da verdade do policial."
Essa foi uma redação que vi faz uns 2 meses, a pessoa, sem se quer perceber, utilizou argumentos contraditórios. Falei para ela e esta me deu uma resposta como essa : "nossa! nem tinha percebido cara. É q eu tava vendo sócrates aqui e já cheguei metendo no começo"
Debates filosóficos sempre ocorreram , pois cada um defende seu ponto, na fobia de "falar bonito" a primeira mania das pessoas é colocar tudo que sabem de filosofia no texto. Platão, Aristóteles, Sócrates, Sofistas, Nietzsche..... Essa foi a real intenção do comentário !
avatar
88sude
Jedi
Jedi

Mensagens : 301
Data de inscrição : 04/02/2013
Idade : 22
Localização : Santo Andre, SP, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por MatheusMagnvs em Sab Maio 10 2014, 13:58

Só sei o básico de filosofia, mas obrigado. Realmente, é necessário cuidado com as citações e com a construção do texto. Citar Kierkegaard não impede ninguém de zerar a redação. O mais fundamental é a construção dissertativa, lógica e estilística. A redação que o sr. citou realmente peca em aspectos fundamentais da lógica. Como disse anteriormente, antes de utilizar um artifício auxiliar - que pode ajudar bastante, dependendo da situação -, como uma citação ou dado histórico/estatístico, é necessário dominar os fundamentos da redação.
avatar
MatheusMagnvs
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 568
Data de inscrição : 12/11/2013
Idade : 21
Localização : Recife

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TEMA: ITA 2007

Mensagem por jango feet em Qui Maio 15 2014, 18:25

Bem, eu ñ to com intenção de ficar upando o tópico e atrapalhando meus colegas de fórum, mas eu só queria deixar meu agradecimento as críticas; foram muito construtivas e eu vou aproveitá-las o máximo na minha próxima redação, muito obrigado a todos que se dispuseram a ajudar.
avatar
jango feet
Matador
Matador

Mensagens : 468
Data de inscrição : 30/01/2013
Idade : 23
Localização : Feira de santana;Bahia, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum