Fórum PiR2
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Indeterminação do sujeito.

3 participantes

Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Al.Henrique Dom 15 Jul 2012, 13:55

Amigos,

Alguém consegue me explicar porque podemos dizer :

"Pede-se silêncio"- Sujeito simples : silêncio

Podemos reestruturar a frase como (?) :

"Silêncio é pedido"


"Precisa-se de trabalhadores braçais."
- Sujeito indeterminado.

Não podemos reestruturar a frase como (?):

"Trabalhadores braçais são necessários"

No caso, gostaria de saber porque a segunda oração, não adimita passagem para a voz passiva analítica
.


Agradeço :face:
Al.Henrique
Al.Henrique
Grupo
Velhos amigos do Fórum

Grupo Velhos amigos do Fórum

Mensagens : 1203
Data de inscrição : 13/03/2012
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

https://www.facebook.com/profile.php?id=692208605

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Bá Poli Dom 15 Jul 2012, 14:03

Para transformar a oração em voz passiva analítica é necessário que o verbo seja transitivo direto ou transitivo direto e indireto.

Neste caso, "precisar" é transitivo indireto, por isso a oração não pode ser colocada na voz passiva analítica.
Bá Poli
Bá Poli
Grupo
Velhos amigos do Fórum

Grupo Velhos amigos do Fórum

Mensagens : 478
Data de inscrição : 20/06/2012
Idade : 25
Localização : São Paulo - SP

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Al.Henrique Dom 15 Jul 2012, 14:11

Muito obrigado ! Very Happy
Al.Henrique
Al.Henrique
Grupo
Velhos amigos do Fórum

Grupo Velhos amigos do Fórum

Mensagens : 1203
Data de inscrição : 13/03/2012
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

https://www.facebook.com/profile.php?id=692208605

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Bruna Barreto Dom 15 Jul 2012, 14:12

@Al.Henrique escreveu:Amigos,

Alguém consegue me explicar porque podemos dizer :

"Pede-se silêncio"- Sujeito simples : silêncio

Podemos reestruturar a frase como (?) :

"Silêncio é pedido"


"Precisa-se de trabalhadores braçais."
- Sujeito indeterminado.

Não podemos reestruturar a frase como (?):

"Trabalhadores braçais são necessários"

No caso, gostaria de saber porque a segunda oração, não adimita passagem para a voz passiva analítica
.


Agradeço :face:
Só complementando o que nossa amiga disse : )
na primeira temos a particula "se" como particula apassivadora do Sujeito: pois é formado de Verbo transitivo direto + se + Sujeito..
e pq nao é objeto direto ?? e sim Sujeito ??
Pq dessa forma que esta escrito a frase esta na Voz passiva sintética.. e vc sabe que na voz passiva nao temos o objeto direto..
Na segunda frase temos um verbo transitivo indireto + "se"
quando temos verbo Intransitivo e verbo transitivo indireto +se, temos um PIS ( pronome indeterminador do Sujieto) onde é seguido de Objeto indireto!
Lembre-se que nao é sempre que temos verbo transitivo direto +se teremos uma Particula apassivadora se ela for seguida de preposiçao sera PIS e nao PA!
Espero ter ajudado!

Bruna Barreto
Fera
Fera

Mensagens : 1621
Data de inscrição : 30/03/2011
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Al.Henrique Dom 15 Jul 2012, 14:25

@Bruna Barreto escreveu:
@Al.Henrique escreveu:Amigos,

Alguém consegue me explicar porque podemos dizer :

"Pede-se silêncio"- Sujeito simples : silêncio

Podemos reestruturar a frase como (?) :

"Silêncio é pedido"


"Precisa-se de trabalhadores braçais."
- Sujeito indeterminado.

Não podemos reestruturar a frase como (?):

"Trabalhadores braçais são necessários"

No caso, gostaria de saber porque a segunda oração, não adimita passagem para a voz passiva analítica
.


Agradeço :face:
Só complementando o que nossa amiga disse : )
na primeira temos a particula "se" como particula apassivadora do Sujeito: pois é formado de Verbo transitivo direto + se + Sujeito..
e pq nao é objeto direto ?? e sim Sujeito ??
Pq dessa forma que esta escrito a frase esta na Voz passiva sintética.. e vc sabe que na voz passiva nao temos o objeto direto..
Na segunda frase temos um verbo transitivo indireto + "se"
quando temos verbo Intransitivo e verbo transitivo indireto +se, temos um PIS ( pronome indeterminador do Sujieto) onde é seguido de Objeto indireto!
Lembre-se que nao é sempre que temos verbo transitivo direto +se teremos uma Particula apassivadora se ela for seguida de preposiçao sera PIS e nao PA!
Espero ter ajudado!


Bruna,
Muito obrigada pelos detalhes. Cada informação aqui postada será de grande utilidade na minha aprovação.

Seguindo o seu raciocínio, pensei na seguinte frase:

"Contaram-me coisas estranhas
"

Essa oração tem sujeito indeterminado, pois não se sabe quem foi que contou, correto ?

Me confundo pelo seguinte aspecto: essa oração tem um verbo transitivo direto e indireto, Quem conta , conta alguma (coisas estranhas - OD) coisa á alguem (me - OI).

Podemos então, colocar essa oração a voz passiva analítica:

"Coisas estranhas me foram contadas por alguém."

Coisas estranhas, não pode ser sujeito do verbo contar ? (Lembrei de uma definição que dizia que sujeito era quem sofre ou pratica a ação verbal - Bem... nesse caso, sofre)

Um único verbo adimite dois sujeitos ?

Muito obrigado a todos pela atenção :study:
Al.Henrique
Al.Henrique
Grupo
Velhos amigos do Fórum

Grupo Velhos amigos do Fórum

Mensagens : 1203
Data de inscrição : 13/03/2012
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

https://www.facebook.com/profile.php?id=692208605

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Bruna Barreto Dom 15 Jul 2012, 14:44

@Al.Henrique escreveu:
@Bruna Barreto escreveu:
@Al.Henrique escreveu:Amigos,

Alguém consegue me explicar porque podemos dizer :

"Pede-se silêncio"- Sujeito simples : silêncio

Podemos reestruturar a frase como (?) :

"Silêncio é pedido"


"Precisa-se de trabalhadores braçais."
- Sujeito indeterminado.

Não podemos reestruturar a frase como (?):

"Trabalhadores braçais são necessários"

No caso, gostaria de saber porque a segunda oração, não adimita passagem para a voz passiva analítica
.


Agradeço :face:
Só complementando o que nossa amiga disse : )
na primeira temos a particula "se" como particula apassivadora do Sujeito: pois é formado de Verbo transitivo direto + se + Sujeito..
e pq nao é objeto direto ?? e sim Sujeito ??
Pq dessa forma que esta escrito a frase esta na Voz passiva sintética.. e vc sabe que na voz passiva nao temos o objeto direto..
Na segunda frase temos um verbo transitivo indireto + "se"
quando temos verbo Intransitivo e verbo transitivo indireto +se, temos um PIS ( pronome indeterminador do Sujieto) onde é seguido de Objeto indireto!
Lembre-se que nao é sempre que temos verbo transitivo direto +se teremos uma Particula apassivadora se ela for seguida de preposiçao sera PIS e nao PA!
Espero ter ajudado!


Bruna,
Muito obrigada pelos detalhes. Cada informação aqui postada será de grande utilidade na minha aprovação.

Seguindo o seu raciocínio, pensei na seguinte frase:

"Contaram-me coisas estranhas
"

Essa oração tem sujeito indeterminado, pois não se sabe quem foi que contou, correto ?

Me confundo pelo seguinte aspecto: essa oração tem um verbo transitivo direto e indireto, Quem conta , conta alguma (coisas estranhas - OD) coisa á alguem (me - OI).

Podemos então, colocar essa oração a voz passiva analítica:

"Coisas estranhas me foram contadas por alguém."

Coisas estranhas, não pode ser sujeito do verbo contar ? (Lembrei de uma definição que dizia que sujeito era quem sofre ou pratica a ação verbal - Bem... nesse caso, sofre)

Um único verbo adimite dois sujeitos ?

Muito obrigado a todos pela atenção :study:
"Coisas estranhas me foram contadas por alguém." --> essa frase esta errada nao existe esse "me" .
E outra também nao tem voz passiva nessa frase ja que o Sujeito é indeterminado.. se nao tem sujeito..nao tem voz passiva
sempre pra vc encontrar o sujeito vc sempre olha para o verbo principal... no caso quem contou??
vc nao sabe certo?
entao o Sujeito é indeterminado..

E outra.. o Sujeito só sofre a açao quando ele esta na voz passiva o que nao é o caso da questao ja que nao admite esta.
espero ter ajudado.

Bruna Barreto
Fera
Fera

Mensagens : 1621
Data de inscrição : 30/03/2011
Idade : 27
Localização : Rio de janeiro

Ir para o topo Ir para baixo

Indeterminação do sujeito. Empty Re: Indeterminação do sujeito.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos