Fórum PiR2
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

2 participantes

Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por Gemma Galgani Qua 22 Set 2021, 17:45

oii gente, queria saber o erro da letra E, pois cecilia não está falando sobre os sentimentos/ incerteza q sente ao escrever um poema?? Fala sobre ser poeta...

QUESTÃO 38

_ 21_ENEM_POR_NB_L2_Q01
Motivo
Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.
Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.
Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.
Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.
MEIRELES, Cecília. Poesia completa. v. 1. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2001. p. 227.
No poema de Cecília Meireles, o eu lírico discorre sobre a
razão que o leva a ser poeta. Considerando o gênero do
texto e a linguagem utilizada em sua construção, percebe-
-se que a função

A emotiva da linguagem se exemplifica na repetição
da expressão “não sei”, por meio da qual o eu lírico
expressa o que sente.
B fática da linguagem é expressada por meio do termo
“Irmão”, o qual torna possível o diálogo entre o eu lírico
e o leitor ao aproximá-los.
C referencial da linguagem ocorre nos versos “Não sou
alegre nem sou triste: / sou poeta”, dos quais o eu lírico
é o assunto apresentado de modo objetivo.
D apelativa da linguagem se revela no verso “E um dia sei
que estarei mudo:”, no qual o eu lírico busca convencer
o interlocutor sobre a efemeridade da vida.
E metalinguística da linguagem se concretiza na
ambiguidade do termo “passo”, o qual tanto se refere
ao ato de deslocar o apoio do corpo de um pé ao outro
como à ação de desistir.
Gabarito : A
Gemma Galgani
Gemma Galgani
Jedi
Jedi

Mensagens : 331
Data de inscrição : 30/06/2021

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por BatataLaranja345 Sex 24 Set 2021, 13:32

Olá colega!
Boa tarde!!

Bom... a sua dúvida é pertinente! Porém, vamos relembrar qual é a definição de função emotiva: é aquela função em que há o predomínio do emissor! Ou seja, em um texto com função emotiva, temos verbos em 1ª pessoa... subjetividade... o uso do "eu" bem marcante... e essa função se predomina muito em artigos pessoais, poemas líricos(que é o caso da questão), cartas pessoais e diários!!

Já a metalinguagem... ela se preocupa em explicar algo usando esse algo. Exemplo: o Dicionário é um deles que usa a metalinguagem!
Mas pq? Simples, ele usa o PORTUGUÊS para explicar o PORTUGUÊS!
Entende? Ele usa um artifício para explicá-lo!

Logo, infelizmente, metalinguagem não se encaixa nesse contexto, meu(minha) amigo(a)
Ficou claro?
Espero que sim!
Qualquer dúvida, não deixe de pontuar!
Abraços!
BatataLaranja345
BatataLaranja345
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 669
Data de inscrição : 09/07/2020
Idade : 16
Localização : Rio de Janeiro

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por Gemma Galgani Sab 25 Set 2021, 18:39

@BatataLaranja345 escreveu:Olá colega!
Boa tarde!!

Bom... a sua dúvida é pertinente! Porém, vamos relembrar qual é a definição de função emotiva: é aquela função em que há o predomínio do emissor! Ou seja, em um texto com função emotiva, temos verbos em 1ª pessoa... subjetividade... o uso do "eu" bem marcante... e essa função se predomina muito em artigos pessoais, poemas líricos(que é o caso da questão), cartas pessoais e diários!!

Já a metalinguagem... ela se preocupa em explicar algo usando esse algo. Exemplo: o Dicionário é um deles que usa a metalinguagem!
Mas pq? Simples, ele usa o PORTUGUÊS para explicar o PORTUGUÊS!
Entende? Ele usa um artifício para explicá-lo!

Logo, infelizmente, metalinguagem não se encaixa nesse contexto, meu(minha) amigo(a)
Ficou claro?
Espero que sim!
Qualquer dúvida, não deixe de pontuar!
Abraços!
mtt obgg!! se puderes me ajudar no restante das questoes  Embarassed Razz cheers cheers
Gemma Galgani
Gemma Galgani
Jedi
Jedi

Mensagens : 331
Data de inscrição : 30/06/2021

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por Gemma Galgani Sab 25 Set 2021, 18:39

@BatataLaranja345 escreveu:Olá colega!
Boa tarde!!

Bom... a sua dúvida é pertinente! Porém, vamos relembrar qual é a definição de função emotiva: é aquela função em que há o predomínio do emissor! Ou seja, em um texto com função emotiva, temos verbos em 1ª pessoa... subjetividade... o uso do "eu" bem marcante... e essa função se predomina muito em artigos pessoais, poemas líricos(que é o caso da questão), cartas pessoais e diários!!

Já a metalinguagem... ela se preocupa em explicar algo usando esse algo. Exemplo: o Dicionário é um deles que usa a metalinguagem!
Mas pq? Simples, ele usa o PORTUGUÊS para explicar o PORTUGUÊS!
Entende? Ele usa um artifício para explicá-lo!

Logo, infelizmente, metalinguagem não se encaixa nesse contexto, meu(minha) amigo(a)
Ficou claro?
Espero que sim!
Qualquer dúvida, não deixe de pontuar!
Abraços!
agr pq a repetição desse não sei q ela expressa oq sente?? achava q fosse verbo em 1 pessoa... n gostei dessa explicação do gab
Gemma Galgani
Gemma Galgani
Jedi
Jedi

Mensagens : 331
Data de inscrição : 30/06/2021

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por BatataLaranja345 Sab 25 Set 2021, 18:44

O fato dela dizer o "não sei" expressa justamente uma situação emocional de dúvida do eu lírico...
Mesmo não sendo um verbo, ele vai representar justamente oq eu te expliquei... da ideia de que o nosso poema é uma função emotiva!

A parte dos verbos em 1ª pessoa... eles representam uma certa impessoalidade, que se vc pensar de maneira mais aprofundada, remeta para nós justamente os pensamentos e sentimentos mais internos do eu lírico, algo muito marcante nos poemas da Cecília!

Se tiver mais alguma dúvida sobre esse poema, não deixe de pontuar!
cheers
BatataLaranja345
BatataLaranja345
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 669
Data de inscrição : 09/07/2020
Idade : 16
Localização : Rio de Janeiro

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por Gemma Galgani Sab 25 Set 2021, 18:52

@BatataLaranja345 escreveu:O fato dela dizer o "não sei" expressa justamente uma situação emocional de dúvida do eu lírico...
Mesmo não sendo um verbo, ele vai representar justamente oq eu te expliquei... da ideia de que o nosso poema é uma função emotiva!

A parte dos verbos em 1ª pessoa... eles representam uma certa impessoalidade, que se vc pensar de maneira mais aprofundada, remeta para nós justamente os pensamentos e sentimentos mais internos do eu lírico, algo muito marcante nos poemas da Cecília!

Se tiver mais alguma dúvida sobre esse poema, não deixe de pontuar!
cheers
 simm certa Pessoalidd certo?? mt obg
Gemma Galgani
Gemma Galgani
Jedi
Jedi

Mensagens : 331
Data de inscrição : 30/06/2021

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por BatataLaranja345 Sab 25 Set 2021, 18:56

Isso!
Podemos pensar na própria personalidade do eu lírico!

A poeta representada na obra é muito duvidosa, tendo questionamentos... tanto que temos o uso recorrente da expressão "não sei"!
cheers
BatataLaranja345
BatataLaranja345
Mestre Jedi
Mestre Jedi

Mensagens : 669
Data de inscrição : 09/07/2020
Idade : 16
Localização : Rio de Janeiro

Gemma Galgani gosta desta mensagem

Ir para o topo Ir para baixo

Literatura- Cecília Meirelles -ENEM Empty Re: Literatura- Cecília Meirelles -ENEM

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ir para o topo


 
Permissão neste fórum:
Você não pode responder aos tópicos