[ENEM] Substituição de mão de obra

Ir em baixo

[ENEM] Substituição de mão de obra

Mensagem por Luciana Cabrall em Sab Out 28 2017, 15:49

  A dependência regional maior ou menor da mão de obra escrava teve reflexos políticos importantes no encaminhamento da extinção da escravatura. Mas a possibilidade e a habilidade de lograr uma solução alternativa – caso típico de São Paulo – desempenharam, ao mesmo tempo, papel relevante.
FAUSTO, B. História do Brasil. São Paulo: EDUSP, 2000.
A crise do escravismo expressava a difícil questão em torno da substituição da mão de obra, que resultou:
a)        Na constituição de um mercado interno de mão de obra livre, constituído pelos libertos, uma vez que a maioria dos imigrantes se rebelou contra a superexploração do trabalho.
b)        No confronto entre a aristocracia tradicional, que defendia a escravidão e os privilégios políticos, e os cafeicultores, que lutavam pela modernização econômica com a adoção do trabalho livre.
c)         No “branqueamento” da população, para afastar o predomínio das raças consideradas inferiores e concretizar a ideia do Brasil como modelo de civilização dos trópicos.
d)        No tráfico interprovincial dos escravos das áreas decadentes do Nordeste para o Vale do Paraíba, para a garantia da rentabilidade do café.
e)        Na adoção de formas disfarçadas de trabalho compulsório com emprego dos libertos nos cafezais paulistas, uma vez que os imigrantes foram trabalhar em outras regiões do país.
 O gabarito é B. Mas não me recordo os motivos dos cafeicultores do oeste paulista lutarem pela modernização econômica.Qual era o interesse?
avatar
Luciana Cabrall
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 170
Data de inscrição : 19/04/2016
Idade : 19
Localização : São Luís,Ma

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ENEM] Substituição de mão de obra

Mensagem por corceli em Sab Out 28 2017, 16:26

Para que você entenda os motivos é necessário compreender, antes, o contexto conflituoso vigente no Brasil naquele momento. Existia uma pressão inglesa para a  abolição da escravidão, visando a conquista de mercado consumidor. Com isso, leis como a Bill Aberdeen (que permitia a prisão de navios negreiros encontrados pela marinha inglesa),  forçaram o governo brasileiro a implantar medidas para conter a escravidão. O auge desse processo, o qual afetava diretamente os fazendeiros cafeicultores, ocorreu com a Lei Eusébio de Queirós, que proibia o tráfico de escravos para o Brasil. A partir desse momento, a mão de obra cativa passou a ser pouco rentável (afinal, os que desembarcavam aqui eram provenientes da ilegalidade, por isso os preços altos), então, aqueles cafeicultores resolveram modernizar o método de trabalho, e tiveram como solução implantar a mão de obra livre imigrante, já que além de se mostrar mais lucrativa nesse momento, ela tinha uma produção de melhor qualidade, pois o trabalho não seria mais forçado. Então, a modernização dita no item B refere-se à implantação do capital privado para trazer os imigrantes nos anos iniciais do processo abolicionista.

corceli
iniciante

Mensagens : 22
Data de inscrição : 03/10/2017
Idade : 21
Localização : goiania goias brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ENEM] Substituição de mão de obra

Mensagem por Luciana Cabrall em Sab Out 28 2017, 17:09

Obrigada pela ajuda Corceli!
avatar
Luciana Cabrall
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 170
Data de inscrição : 19/04/2016
Idade : 19
Localização : São Luís,Ma

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [ENEM] Substituição de mão de obra

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum