Olá companheiro de fórum!



- queira, por favor, ler os regulamentos e postar de acôrdo com eles.


- observe que existem diversas seções e coloque sua questão no local correto.


- abra um tópico para cada questão - uma questão por tópico

Seja bem vindo!

Imperialismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Imperialismo

Mensagem por Guilherme Mesquita em Ter Set 30 2014, 16:18

Antes de tomar posse no seu cargo, ainda na Europa, 
Rio Branco agira no sentido de afastar o perigo imediato 
do  Bolivian  Syndicate,  empresa  estadunidense,  e 
propusera a compra do território do Acre. Recusada essa 
ideia, propôs o Governo brasileiro a troca de territórios e 
ofereceu compensação, como a de favorecer, por uma 
estrada de ferro, o tráfego comercial pelo rio Madeira, 
entendendo-se diretamente com o Bolivian Syndicate. 

O  texto  aborda  uma  das  questões  fronteiriças 
enfrentadas no período em que José da Silva Paranhos 
Júnior,  o  Barão  do  Rio  Branco,  esteve  à  frente  do 
Ministério das Relações Exteriores (1902-1912). 

A estratégia  de  entendimento  direto  do  Brasil  com  a 
empresa  Bolivian  Syndicate,  que  havia  arrendado  o 
Acre junto ao governo boliviano, explica-se pela
a)  proteção à população indígena.
b)  consolidação das guerras de conquista.
c) implementação da indústria de borracha.
d)  negociação com seringueiros organizados.
e)  preocupação com intervenção imperialista.

Gabarito: E

Estou tendo dificuldades em entender com clareza a relação do texto com o imperialismo. Agradeço a quem puder esclarecer.

Guilherme Mesquita
Jedi
Jedi

Mensagens : 301
Data de inscrição : 14/11/2012
Idade : 23
Localização : Santa Inês, Maranhão

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo

Mensagem por Nina Luizet em Dom Jan 04 2015, 11:44

Guilherme Mesquita escreveu:Antes de tomar posse no seu cargo, ainda na Europa, 
Rio Branco agira no sentido de afastar o perigo imediato 
do  Bolivian  Syndicate,  empresa  estadunidense,  e 
propusera a compra do território do Acre.
Recusada essa 
ideia, propôs o Governo brasileiro a troca de territórios e 
ofereceu compensação, como a de favorecer, por uma 
estrada de ferro, o tráfego comercial pelo rio Madeira, 
entendendo-se diretamente com o Bolivian Syndicate. 


O  texto  aborda  uma  das  questões  fronteiriças 
enfrentadas no período em que José da Silva Paranhos 
Júnior,  o  Barão  do  Rio  Branco,  esteve  à  frente  do 
Ministério das Relações Exteriores (1902-1912). 
A estratégia  de  entendimento  direto  do  Brasil  com  a 
empresa  Bolivian  Syndicate,  que  havia  arrendado  o 
Acre junto ao governo boliviano, explica-se pela
a)  proteção à população indígena.
b)  consolidação das guerras de conquista.
c) implementação da indústria de borracha.
d)  negociação com seringueiros organizados.
e)  preocupação com intervenção imperialista.
Gabarito: E
Bolivian  Syndicate, era uma empresa estadunidense e, na sua ideologia, era imprescindível a conquista ,bem como o controle de territórios estratégicos.Deste modo, pode-se afirmar que ela agia de modo essencialmente imperialista. O Barão do Rio Branco, tentando conciliar a situação da possível compra do território acreano , propõem a troca de territórios e a construção do modal ferroviário, beneficiando 
,a Bolivian  Syndicate e, protegendo o  território  do Acre.

E) O Barão do rio Branco estava preocupado com a intervenção imperialista da Bolivian  Syndicate

____________________________________________
''Aquele que luta com monstros deve acautelar-se para não tornar-se também um monstro. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você.'' - Nietzsche. F

Nina Luizet
Monitor
Monitor

Mensagens : 1143
Data de inscrição : 21/06/2014
Idade : 17
Localização : Brasil, RN

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo

Mensagem por Gustavoadp em Qua Abr 08 2015, 22:07

Bolivian  Syndicate, era uma empresa estadunidense e, na sua ideologia, era imprescindível a conquista ,bem como o controle de territórios estratégicos.Deste modo, pode-se afirmar que ela agia de modo essencialmente imperialista. O Barão do Rio Branco, tentando conciliar a situação da possível compra do território acreano , propõem a troca de territórios e a construção do modal ferroviário, beneficiando 
,a Bolivian  Syndicate e, protegendo o  território  do Acre.

E) O Barão do rio Branco estava preocupado com a intervenção imperialista da Bolivian  Syndicate
Nina,
Eu fiz essa questão e não entendi o seguinte:
-Se o Barão queria conciliar a situação da possível compra do território do Acre, ele usou o momento para comprar, então eu acho que a E) preocupação com uma intervenção imperialista não teria sido um motivo para a compra, não? Por quê?
-Se sim, que intervenção seria esta?

Gustavoadp
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1028
Data de inscrição : 05/07/2014
Idade : 19
Localização : Recife, PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo

Mensagem por hugo araujo em Qua Nov 02 2016, 09:09

O grande interesse do Brasil era garantir o monopólio da borracha, tendo em vista que nessa época essa matéria prima estava em alta devido a segunda revolução industrial. No entanto, como os EUA era um dos líderes dessa segundo revolução industrial, obviamente eles colocariam em prática as tácticas imperialistas, assim como os países europeus, a fim de garantir mercados consumidores e áreas com matérias primas. Dessa forma, o Barão teria que negociar com os EUA, pois a sua intervenção imperialista afetava os interesses dos seringueiros brasileiros.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1717
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum