Olá companheiro de fórum!



- queira, por favor, ler os regulamentos e postar de acôrdo com eles.


- observe que existem diversas seções e coloque sua questão no local correto.


- abra um tópico para cada questão - uma questão por tópico

Seja bem vindo!

Alcanos e liquefação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alcanos e liquefação

Mensagem por CrazyVest em Seg Nov 04 2013, 10:08

Fala galera, beleza?

Me deparei agora com um exercício que pergunta o porque das temperaturas de liquefação aumentam, geralmente, com o aumento de número de átomos de carbono de um alcano.

Sei que a temperatura de fusão e ebulição aumenta com a quantidade de carbonos, mas porque isso ocorre? Não consegui achar nos meus livros (posso não ter procurado no melhor lugar) e estou com essa dúvida...

Ao que for me ajudar agradeço desde já a ajuda!

Abraço.

CrazyVest
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 166
Data de inscrição : 21/08/2013
Idade : 22
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcanos e liquefação

Mensagem por Matheus Bertolino em Qua Nov 06 2013, 23:37

"Por serem compostos completamente apolares, as forças (de Van der Waals) que mantêm unidas as moléculas dos alcanos são muitas fracas e de curto raio de ação - atuam apenas entre partes de moléculas vizinhas que se encontrem em contato, ou seja, entre as superfícies das moléculas. Deve-se esperar, portanto, que quanto maior for a molécula, e consequentemente a área superficial, maiores serão as forças intermoleculares. Assim, algumas propriedades físicas, como o ponto de fusão (PF) e o ponto de ebulição (PE) crescem à medida que aumenta o número de carbonos na cadeia dos alcanos.
          À temperatura ambiente os n-alcanos com até 4 carbonos são gasosos; de 5 a 16 carbonos são líquidos e acima de 17 são sólidos. Os alcanos isômeros apresentam diferenças no PE e PF. Por exemplo, o butano tem PE = 0,8o C e o isobutano tem PE = -11,7o C. Pode-se generalizar que, para alcanos isômeros, aquele que tiver maior número de ramificações terá menor ponto de ebulição. Imagina-se que, pela inserção de cadeias laterais, a molécula tende a aproximar-se da forma esférica; isso produz um decréscimo da área superficial relativa e, consequentemente, enfraquecimento das forças intermoleculares, as quais podem, assim, ser vencidas a temperaturas mais baixas."
Fonte: http://reocities.com/Vienna/choir/9201/alcanos.htm

Matheus Bertolino
Fera
Fera

Mensagens : 940
Data de inscrição : 10/08/2011
Idade : 20
Localização : Goioerê, Paraná, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum