Não estou conseguindo responder!!

Ir em baixo

Não estou conseguindo responder!! Empty Não estou conseguindo responder!!

Mensagem por Mariany Fernandes em Dom 11 Ago 2013, 11:10

-Dentro de um recipiente de capacidade volumétrica invariável, há 2,0 mols de argônio, considerando um gás perfeito, sob pressão de 2,5 atm e na mesma temperatura que o ambiente externo . Abre-se o recipiente e uma parte do gás escapa para o ambiente. Determine quantos mols de gás permaneceram no interior do recipiente após ter-se estabelecido o equilíbrio. Considere a pressão do ambiente igual a pressão normal.
 

- Determine o numero de mols de hidrogênio, considerando o gás ideal, que dever ser injetado no recipiente de capacidade volumétrica invariável, para que varai a pressão quando a temperatura do gás é diminuía de 527°C para 27°C. Dê a resposta em função do numero n1 inicial de mols presente no recipiente.

Mariany Fernandes
iniciante

Mensagens : 1
Data de inscrição : 11/08/2013
Idade : 22
Localização : União dos Palmares, Alagoas, Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Não estou conseguindo responder!! Empty Re: Não estou conseguindo responder!!

Mensagem por Convidado em Dom 11 Ago 2013, 15:53

-
v e T sempre contantes
temperatura ambiente=temperatura intena=T
pressão ambiente=pressão normal=1,0 atm

p1v=n1RT (I)
p2v=n2RT (II)

a razão entre (I) e (II) é

p1/p2=n1/n2

2,5/1=2/n2
n2=2/2,5=0,8

logo n2=0,8 mols


-
acho que nessa faltam dados já que  a razão (I) por (II) do problema anterior é

p1/p2=n1T1/n2T2 

temos T1 e T2 falta p1 e p2, aí poderemos fazer

n2=n1T1p2/T2p1

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum