Olá companheiro de fórum!



- queira, por favor, ler os regulamentos e postar de acôrdo com eles.


- observe que existem diversas seções e coloque sua questão no local correto.


- abra um tópico para cada questão - uma questão por tópico

Seja bem vindo!

Imperialismo dos EUA na América

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por Gustavoadp em Seg Jun 13 2016, 22:45

(Mackenzie 2014) “Se a América Latina não foi esquartejada como a África, deveu-se ao fato – é preciso reconhecê-lo – de ter tido, sem que houvesse solicitado, um ‘tutor’. Um tutor ousado, porque se atreveu a dizer que a América era para os americanos, num momento em que apenas tinha a ilusão de ser uma potência. No entanto, quando esse tutor se transformou em grande potência, mudou seu discurso e gritou que era dono”. 
(Héctor Hernan Bruit. O Imperialismo. São Paulo: Atual, 1994, p.49) 

A partir da análise do texto, é correto afirmar que 

a) a América Latina, desde a primeira metade do século XIX, é um instrumento do imperialismo estadunidense, que, historicamente, impôs, àqueles países, políticas como a Doutrina Monroe e a Política do Big Stick.
b) as divisões sofridas pela África, decorrentes do imperialismo do século XIX, não puderem acontecer no continente americano em virtude da imposição ao respeito, feita na Conferência de Berlim, entre EUA e potências europeias, da autodeterminação da América Latina.
c) o século XIX viu nascer a pretensa hegemonia estadunidense sobre os países latino-americanos, envolvendo disputas – desde aquela época – entre capitalistas e socialistas, ambientados na Guerra Fria.
d) os americanos, há dois séculos, convivem com a supremacia estadunidense sobre os diversos países do continente, resultando em políticas impositivas como a da “Boa Vizinhança” e a Aliança para o Progresso. 
e) a América sempre foi protegida, resultando na criação de diversos acordos econômicos e na aliança de todo o continente em torno deles, apesar do domínio que os Estados Unidos exercem sobre o restante do mundo.

O que há de errado na letra D?

Gustavoadp
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1028
Data de inscrição : 05/07/2014
Idade : 19
Localização : Recife, PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por hugo araujo em Ter Jun 14 2016, 00:10

Eu particularmente desconheço essas políticas impositivas norte americanas na atualidade. 

O cenário geopolítico na America Latina passou por constantes transformações nas últimas décadas. 

Percebe-se que, nos últimos anos, houve um equilíbrio de forças histórico na região. O bloco Mercosul se fortaleceu a partir da criação da Unasul (bloco administrativo embutido no Mercosul, inicialmente idealizado pelo ex-presidente da Venezuela Hugo Chaves e posteriormente concretizado pelo ex-presidente Lula). 

A partir da criação da Unasul, o Mercosul consolidou o seu estágio de União Aduaneira, transição política e econômica para o estágio de mercado comum. O mesmo proporcionou maior independência do mercado internacional para os países da América Latina - por isso que, em 2008, ano da explosão da recente crise do sistema neoliberal, inicialmente os países Latinos sentiram menos os seus efeitos. 
Além disso, os Estados Unidos perdeu forças na região, apesar de ainda ser muito influente. Hoje a China é o maior parceiro econômico dos latinos.
 

A perda de protagonismo dos Estados Unidos fica evidente, por exemplo, em não consolidar a zona de Livre Mercado das Américas - ALCA. Um dos maiores interesses dos norte americanos e em contrapartida um péssimo negócio para os países Latinos. Para muitos especialistas, se esse acordo concretizasse, o cenário ficaria muito parecido com o que ocorre hoje no NAFTA - o México tornou-se um eterno agroexportador, as empresas de origem mexicana ( tanto públicas quanto privadas) desaparecerem com a invasão das indústrias maquiladoras canadenses e norte americanas. Com isso, os índices de desigualdade aumentaram no país agravando ainda mais o problema da imigração.

Mas como eu iniciei minha explicação dizendo que a região está em constate transformação - hoje esse cenário pode mudar completamente, como se percebe, os governos de centro - direita, retomam o poder na região e os mesmos são historicamente alinhados aos interesses estadunidenses. 

Você pode aprofundar mais sobre o assunto lendo os editorias Le Monde Diplomatique, The Guardian e The New York Times. 


Última edição por hugo araujo em Ter Jun 14 2016, 09:58, editado 1 vez(es)

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por hugo araujo em Ter Jun 14 2016, 00:34

hugo araujo escreveu:

Mas como eu iniciei minha explicação dizendo que a região está em constate transformação - hoje esse cenário pode mudar completamente, como se percebe, os governos de centro - direita, retomam o poder na região e os mesmos são historicamente alinhados aos interesses estadunidenses. 

Complementado essa parte, pois acho importante você saber que, caso o partido republicano vença as eleições para presidente nos Estado Unidos, o cenário geopolítico da America, e porque não dizer em todo o planeta, pode sofrer grandes transformações, haja vista que, esse partido tem uma grande guinada imperialista.

Só para efeito de ilustração, o Barack Obama no últimos anos tem sido muito questionado pelos republicanos por não enviar tropas terrestres para a Síria, por ter retirado as tropas do Iraque em 2011 e por acabar com as sansões econômicas contra o Irã.

 Por causa dessa política mais cautelosa dos EUA, a Rússia voltou a ser protagonista no Oriente Médio. 

Diante disso, não há dúvidas que uma mudança radical no governo estadunidense simbolizaria um cenário ruim para a humanidade que está em crise por conta de homens cada vez mais gananciosos e vaidosos.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por Jeffersonsons em Ter Jun 14 2016, 18:26

Eu já quero saber o porquê da alternativa c estar errada rs

Jeffersonsons
Jedi
Jedi

Mensagens : 475
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21
Localização : sao luizsi, bahia brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por Jeffersonsons em Ter Jun 14 2016, 18:31

Sobre a Aliança para o Progresso acho que não tem mais vigência atualmente, nem a se manter por dois séculos, já que vinha de um caráter macartista para conter o avanço da influência da URSS no ocidente.

Jeffersonsons
Jedi
Jedi

Mensagens : 475
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21
Localização : sao luizsi, bahia brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por hugo araujo em Ter Jun 14 2016, 19:22

c) o século XIX viu nascer a pretensa hegemonia estadunidense sobre os países latino-americanos, envolvendo disputas – desde aquela época – entre capitalistas e socialistas, ambientados na Guerra Fria.

No Século XIX nem havia ocorrido ainda a Revolução Russa, por exemplo, 1917. O Brasil ainda era até o final desse século uma monarquia, 1889. Os Estados Unidos nesse momento ainda era um país emergente e só ganha status de potência após a primeira guerra mundial.  Revolução Cubana, por exemplo só ocorre em 1959.

Há política da Doutrina Monroe (século XIX) e posteriormente o Big Stick ( século XX ), não foram para reprimir algum movimento de caráter socialista. O intuito era criar uma barreira na América Latina para garantir o exclusivismo comercial nessa região, uma espécie de neocolonialismo. 

Atualmente esse desejo norte americano ainda está vivo através da tentativa de criar a ALCA, como eu expliquei nos primeiros posts.   

Pra concluir, o instrumento criado pelos Estado Unidos para barrar as políticas socializantes no continente latino foi a política de Doutrina de Segurança Nacional que aliás, foi através dela que os militares no Brasil se orientaram para aplicar o golpe de 64. 

Na última visita de Barack Obama ao Brasil, ele prometeu divulgar os documentos do serviço de inteligencia americano relatando a participação dos EUA nas ditaduras da América Latina. O intuito é facilitar as punições e descobrir o paradeiro de centenas de pessoas que desapareceram durante o regime.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por Jeffersonsons em Ter Jun 14 2016, 19:57

Mas eu não estava me referindo a Doutrina Monroe e nem a política do Big Stick, mas sim a Aliança para o Progresso proposta pelo J.F.Kennedy. rs

Me refiro quanto à alternativa D que afirma que essa política encontra efeito há dois séculos. Uma afirmação que se apresenta equívoca, por esse tipo corresponder ao período que culminou a influência do macartismo inerente na Guerra Fria.

Jeffersonsons
Jedi
Jedi

Mensagens : 475
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21
Localização : sao luizsi, bahia brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por hugo araujo em Ter Jun 14 2016, 20:45

Jeffersonsons escreveu:Eu já quero saber o porquê da alternativa c estar errada rs

Minhas respostas foram baseadas nesse post.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por anaclaracn em Sab Jun 18 2016, 00:38

Jeffersonsons escreveu:Mas eu não estava me referindo a Doutrina Monroe e nem a política do Big Stick, mas sim a Aliança para o Progresso proposta pelo J.F.Kennedy. rs

Me refiro quanto à alternativa D que afirma que essa política encontra efeito há dois séculos. Uma afirmação que se apresenta equívoca, por esse tipo corresponder ao período que culminou a influência do macartismo inerente na Guerra Fria.

A alternativa D não afirma que essa política existe há dois séculos, mas sim que a supremacia dos Estados Unidos sobre os diversos países do continente existe há dois séculos. Acredito que esse é o erro da alternativa. Não acho muito cabível afirmar que, em 1800, os Estados Unidos, um país recém independente, seria um exemplo de supremacia na América. Mas sei lá, não manjo muito de história não.

anaclaracn
Jedi
Jedi

Mensagens : 258
Data de inscrição : 16/09/2015
Idade : 18
Localização : Niterói, Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Imperialismo dos EUA na América

Mensagem por ruanchaves93 em Ter Jun 21 2016, 19:59

a) a América Latina, desde a primeira metade do século XIX, é um instrumento do imperialismo estadunidense, que, historicamente, impôs, àqueles países, políticas como a Doutrina Monroe e a Política do Big Stick.

Correto. Perceba que a Doutrina Monroe é mencionada no texto pela sua frase-chave ( A América para os americanos ).

b) as divisões sofridas pela África, decorrentes do imperialismo do século XIX, não puderem acontecer no continente americano em virtude da imposição ao respeito, feita na Conferência de Berlim, entre EUA e potências europeias, da autodeterminação da América Latina.

Óbvio que não.

c) o século XIX viu nascer a pretensa hegemonia estadunidense sobre os países latino-americanos, envolvendo disputas – desde aquela época – entre capitalistas e socialistas, ambientados na Guerra Fria.

Século XX né parceiro. Não XIX. Pegadinha.

d) os americanos, há dois séculos, convivem com a supremacia estadunidense sobre os diversos países do continente, resultando em políticas impositivas como a da “Boa Vizinhança” e a Aliança para o Progresso. 

A palavra-chave aqui é impositiva. Ninguém impôs nada. Foi um troca-troca. A política da Boa Vizinhança era um acordo: entrava nos países dinheiro na forma de investimento, e os paises devolviam pro EUA em forma de apoio político.

Tanto que os países que não aceitaram a proposta, pularam fora e ficaram do outro lado. Vide Cuba.

Acho que a intenção do examinador era que, quando você lesse " a supremacia estadunidense sobre os diversos países do continente", uma vozinha na sua cabeça gritasse, "CUBA" e você marcasse falsa. Acho que ele quis dizer com essa alternativa que os EUA dominam TODOS os países do continente.

e) a América sempre foi protegida, resultando na criação de diversos acordos econômicos e na aliança de todo o continente em torno deles, apesar do domínio que os Estados Unidos exercem sobre o restante do mundo.

"sempre foi", "aliança de todo o continente em torno deles"... Cuba é parte das Américas né parceiro. Venezuela também. "todo o continente", jamais.

ruanchaves93
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 167
Data de inscrição : 16/02/2016
Idade : 23
Localização : Palmas - TO - Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum