Olá companheiro de fórum!



- queira, por favor, ler os regulamentos e postar de acôrdo com eles.


- observe que existem diversas seções e coloque sua questão no local correto.


- abra um tópico para cada questão - uma questão por tópico

Seja bem vindo!

(UFMG) - Economia colonial brasileira

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

(UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por José Ricardo dos Santos em Qua Jun 01 2016, 21:11

(UFMG) Em relação à economia colonial brasileira, qual das características abaixo é certa:
a) predomínio de mão de obra assalariada, principalmente na área mineradora
b) acumulação de lucros realizada no exterior em prejuízo do desenvolvimento da colônia.
c) Ausência de mercado interno em consequência do predomínio da pequena propriedade voltada para a exportação.
d) presença de uma produção diversificada voltada para a exportação.
e) equilíbrio entre a mão de obra escrava e assalariada nas "plantations".

Minha resposta:
d


Última edição por José Ricardo dos Santos em Seg Jun 06 2016, 13:30, editado 1 vez(es)

José Ricardo dos Santos
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1918
Data de inscrição : 15/04/2014
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro - RJ

https://plus.google.com/u/0/110157202619661128403/about/p/pub

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por felipevasconcelos22 em Dom Jun 05 2016, 13:32

dificil essa, eu acho, ou pelo menos confusa kk.. up pra ver a resposta de mais alguem

felipevasconcelos22
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 107
Data de inscrição : 21/03/2016
Idade : 19
Localização : porto alegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por José Ricardo dos Santos em Dom Jun 05 2016, 20:13

Bem, como já tinham dito anteriormente pra mim como era a economia colonial brasileira, acredito que eu esteja errado. Provavelmente seria a "e".

José Ricardo dos Santos
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1918
Data de inscrição : 15/04/2014
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro - RJ

https://plus.google.com/u/0/110157202619661128403/about/p/pub

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por Sunriseee em Dom Jun 05 2016, 22:28

Acredito que você estava certo, a alternativa correta é a D, afinal, no início da economia colonial, tinha para exportação o açúcar, pecuária (o couro era exportado) e o fumo (fumo fino para exportação e fumo grosso para escambo de escravos).
Não pode ser a E, pois no plantation não há trabalho assalariado, plantation é latifúndio, monocultura e mão de obra escrava.

Sunriseee
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 109
Data de inscrição : 20/05/2016
Idade : 20
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 00:07

Eu marcaria a assertiva B. Seguindo a lógica da Divisão Internacional do Trabalho, não era desejo das metrópoles desenvolverem as suas colônias. A relação do Pacto Colonial era unilateral, só a metrópole poderia lucrar. Lembrem-se que, nesse período, umas das principais características do mercantilismo é o acumulo de riquezas - metalismo. Ademais, a produção não era diversificada, concentrava-se toda produção às commodities mais rentáveis no mercado. Essa lógica só mudou com o início da industrialização efetiva do país na Era Vargas. Vale lembrar que havia agricultura de subsistência, a qual não podemos contabilizar nas relações mercantilistas.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por Jeffersonsons em Seg Jun 06 2016, 10:54

Sunrise, algo está me intrigando. Todos ssabemos que o modelo de produção era baseada na lógica do plantation. Porém uma dos alicerces do plantation era a monocultura (monocultura, exportação, escravidão,latifúndios). O que me deixa confuso, a monocultura se baseiava em toda a colônia ou s resumia a um latifúndio?

De todas as formas eu marcaria a B. Pois quando fala-se em diversidade na produção penso em algo bastante diferente do modelo plantation.

Jeffersonsons
Jedi
Jedi

Mensagens : 475
Data de inscrição : 14/08/2015
Idade : 21
Localização : sao luizsi, bahia brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 11:41

Sunriseee escreveu:Acredito que você estava certo, a alternativa correta é a D, afinal, no início da economia colonial, tinha para exportação o açúcar, pecuária (o couro era exportado) e o fumo (fumo fino para exportação e fumo grosso para escambo de escravos).
Não pode ser a E, pois no plantation não há trabalho assalariado, plantation é latifúndio, monocultura e mão de obra escrava.

Sunrise, Você esqueceu de associar a produção dessas commodities de acordo com o período de ocupação do território nacional.

Resumindo

Escambo ----> Extrativismo do Pau Brasil ----> Açúcar mascavo ------( transição - drogas do sertão; algodão e fumo ) -----> Ouro -----> Café ----( transição - crise de 29)---> industrialização (incipiente) ------> Atualmente o país ainda depende do setor agrário, muitas características do período colonial ainda são perceptíveis: concentração de terras, monoculturas ( soja, milho etc.), porém munidos de tecnologia, logística e aproximação das áreas urbanas.


Última edição por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 13:44, editado 1 vez(es)

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por José Ricardo dos Santos em Seg Jun 06 2016, 13:29

Muito obrigado a todos!

José Ricardo dos Santos
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1918
Data de inscrição : 15/04/2014
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro - RJ

https://plus.google.com/u/0/110157202619661128403/about/p/pub

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por felipevasconcelos22 em Seg Jun 06 2016, 14:11

fuvest 2015 - a economia colonial foi marcada pela simultaneidade de produtos, cuja lucratividade se relacionava com sua inserção em mercados internacionais.

sendo assim, n seria correta a letra d ?

felipevasconcelos22
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 107
Data de inscrição : 21/03/2016
Idade : 19
Localização : porto alegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por José Ricardo dos Santos em Seg Jun 06 2016, 14:28

Question Exclamation
É, aí já me confundi, já que em História do Brasil sou amador.

José Ricardo dos Santos
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1918
Data de inscrição : 15/04/2014
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro - RJ

https://plus.google.com/u/0/110157202619661128403/about/p/pub

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 14:53

(FUVEST)
Se o açúcar do Brasil o tem dado a conhecer a todos os reinos e províncias da Europa, o tabaco o tem feito muito afamado em todas as quatro partes do mundo, em as quais hoje tanto se deseja e com tantas diligências e por qualquer via se procura. Há pouco mais de cem anos que esta folha se começou a plantar e beneficiar na Bahia […] e, desta sorte, uma folha antes desprezada e quase desconhecida tem dado e dá atualmente grandes cabedais aos moradores do Brasil e incríveis emolumentos aos Erários dos príncipes. ´
André João Antonil. Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas. São Paulo: EDUSP, 2007. Adaptado.
O texto acima, escrito por um padre italiano em 1711, revela que
a) o ciclo econômico do tabaco, que foi anterior ao do ouro, sucedeu o da cana-de-açúcar
b) todo o rendimento do tabaco, a exemplo do que ocorria com outros produtos, era direcionado à metrópole.
c) não se pode exagerar quanto à lucratividade propiciada pela cana-de-açúcar, já que a do tabaco, desde seu início, era maior.
d) os europeus, naquele ano, já conheciam plenamente o potencial econômico de suas colônias americanas.
e) a economia colonial foi marcada pela simultaneidade de produtos, cuja lucratividade se relacionava com sua inserção em mercados internacionais.
Resposta E
Tradicionalmente, a economia brasileira é dividida em “ciclos”: pau-brasil, açúcar, ouro, café e indústria. Entretanto, outras atividades foram fundamentais para alimentar o mercado interno, e geraram elevada lucratividade, como por exemplo o comércio de tabaco (fumo).




Última edição por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 14:55, editado 1 vez(es)

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por Sunriseee em Seg Jun 06 2016, 14:54

Jeffersonsons escreveu:Sunrise, algo está me intrigando. Todos ssabemos que o modelo de produção era baseada na lógica do plantation. Porém uma dos alicerces do plantation era a monocultura (monocultura, exportação, escravidão,latifúndios). O que me deixa confuso, a monocultura se baseiava em toda a colônia ou s resumia a um latifúndio?

De todas as formas eu marcaria a B. Pois quando fala-se em diversidade na produção penso em algo bastante diferente do modelo plantation.

Jefferson, sinceramente, estava com a mesma dúvida esses dias. Acredito que quando dizem que o modelo de produção era baseado na lógica do plantation estão se referindo aos grandes engenhos de cana de açúcar. Inclusive, li em algum lugar sobre pequenas propriedades do nordeste que se dividiam em engenho e mandioca (subsistência), então, o sistema plantation não serve a colônia como um todo. 
Enfim, as dúvidas ressurgiram. Fico no aguardo de alguém que possa explicar melhor ^^

Sunriseee
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 109
Data de inscrição : 20/05/2016
Idade : 20
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por José Ricardo dos Santos em Seg Jun 06 2016, 14:59

hugo araujo escreveu:(FUVEST)
Se o açúcar do Brasil o tem dado a conhecer a todos os reinos e províncias da Europa, o tabaco o tem feito muito afamado em todas as quatro partes do mundo, em as quais hoje tanto se deseja e com tantas diligências e por qualquer via se procura. Há pouco mais de cem anos que esta folha se começou a plantar e beneficiar na Bahia […] e, desta sorte, uma folha antes desprezada e quase desconhecida tem dado e dá atualmente grandes cabedais aos moradores do Brasil e incríveis emolumentos aos Erários dos príncipes. ´
André João Antonil. Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas. São Paulo: EDUSP, 2007. Adaptado.
O texto acima, escrito por um padre italiano em 1711, revela que
a) o ciclo econômico do tabaco, que foi anterior ao do ouro, sucedeu o da cana-de-açúcar
b) todo o rendimento do tabaco, a exemplo do que ocorria com outros produtos, era direcionado à metrópole.
c) não se pode exagerar quanto à lucratividade propiciada pela cana-de-açúcar, já que a do tabaco, desde seu início, era maior.
d) os europeus, naquele ano, já conheciam plenamente o potencial econômico de suas colônias americanas.
e) a economia colonial foi marcada pela simultaneidade de produtos, cuja lucratividade se relacionava com sua inserção em mercados internacionais.
Resposta E
Tradicionalmente, a economia brasileira é dividida em “ciclos”: pau-brasil, açúcar, ouro, café e indústria. Entretanto, outras atividades foram fundamentais para alimentar o mercado interno, e geraram elevada lucratividade, como por exemplo o comércio de tabaco (fumo).


Então eu acertei, Hugo?

José Ricardo dos Santos
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1918
Data de inscrição : 15/04/2014
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro - RJ

https://plus.google.com/u/0/110157202619661128403/about/p/pub

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por Sunriseee em Seg Jun 06 2016, 15:05

hugo araujo escreveu:
Sunriseee escreveu:Acredito que você estava certo, a alternativa correta é a D, afinal, no início da economia colonial, tinha para exportação o açúcar, pecuária (o couro era exportado) e o fumo (fumo fino para exportação e fumo grosso para escambo de escravos).
Não pode ser a E, pois no plantation não há trabalho assalariado, plantation é latifúndio, monocultura e mão de obra escrava.

Sunrise, Você esqueceu de associar a produção dessas commodities de acordo com o período de ocupação do território nacional.

Resumindo

Escambo ----> Extrativismo do Pau Brasil ----> Açúcar mascavo ------( transição - drogas do sertão; algodão e fumo ) -----> Ouro -----> Café ----( transição - crise de 29)---> industrialização (incipiente) ------> Atualmente o país ainda depende do setor agrário, muitas características do período colonial ainda são perceptíveis: concentração de terras, monoculturas ( soja, milho etc.), porém munidos de tecnologia, logística e aproximação das áreas urbanas.

Hugo, muito obrigada pelo feedback!
Escolhi a alternativa por causa de um artigo da FFLCH que li em que afirmava uma diversificação na produção e exportação colonial, mas achei super considerável tua resposta. Preciso dar mais uma estudada sobre. Obrigada ^^

Sunriseee
Recebeu o sabre de luz
Recebeu o sabre de luz

Mensagens : 109
Data de inscrição : 20/05/2016
Idade : 20
Localização : Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: (UFMG) - Economia colonial brasileira

Mensagem por hugo araujo em Seg Jun 06 2016, 15:14

Não José, mais atenção na assertiva que você marcou:


presença de uma produção diversificada voltada para a exportação 


A produção diversificada não é voltada para o mercado externo. É direcionada para o mercado interno, que em alguns momentos gerou lucros, principalmente nos períodos de transição e no ciclo do ouro. Mas prevalece o caráter de subsistência, pois não era desejo da metrópole que a sua colônia se desenvolvesse, para evitar uma futura concorrente nas relações mercantis. O pacto colonial foi rompido em 1808 quando Dom João VI desembarca no país e decreta a abertura dos portos para as ''nações amigas''.

hugo araujo
Estrela Dourada
Estrela Dourada

Mensagens : 1723
Data de inscrição : 12/04/2014
Idade : 22
Localização : Araçuaí, MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum